Identificado autor de áudio do Colegião

Jovem de 18 anos, morador de Nova Veneza, compareceu a delegacia hoje para prestar os esclarecimentos.

Lucas Colombo/Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

Lucas Renan Domingos

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O responsável por enviar o áudio onde afirmava que iria “matar geral”, o que não passou de uma brincadeira, na Escola Sebastião Toledo dos Santos, o Colegião, em Criciúma, prestou depoimento nesta quarta-feira, 31, para a polícia. Acompanhado dos pais, o jovem, de 18 anos, morador de Nova Veneza, esclareceu os fatos ao delegado André Milanese, da Divisão de Investigação Criminal (DIC).

Segundo o delegado, o jovem afirmou que mandou a mensagem durante uma discussão com um aluno da escola em um aplicativo. Disse ainda que não tinha intenção nenhuma de concretizar as ameaças, falando apenas “da boca para fora”, não imaginando a proporção que o áudio teria, enviando, então, a mensagem que desmentia o fato.

Meses atrás, ele participou de um fato semelhante em uma escola particular de Criciúma. Um aluno da escola afirmou em uma rede social que esse mesmo jovem iria matar os alunos do colégio, por conta de um bilhete que recebeu em 2017 quando estudava no local. Após as declarações, o jovem teve o celular apreendido e foi instaurado um Termo Circunstanciado contra ele pelos crimes de ameaça e falsa comunicação de crime.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.