Homicídio é elucidado pela DIC

Segundo as investigações, David Fenali Zuchinalli foi morto por ter emprestado um revólver que foi utilizado em outro homicídio


- PUBLICIDADE -

Lucas Renan Domingos

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O delegado André Milanese, responsável pela Divisão de Repressão a Homicídios da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil de Criciúma, divulgou nessa segunda-feira que mais um homicídio foi elucidado na região. No dia 6 de fevereiro de 2019, o corpo de David Fenali Zuchinalli, de 23 anos, foi encontrado no Bairro São Bento Alto, em Nova Veneza. Conforme apontou as investigações, ele, que fazia parte de uma facção criminosa, foi morto por ter emprestado um revólver utilizado em outro homicídio.

A arma acabou sendo usada para tirar a vida de um jovem, de 16 anos, que foi morto em frente a uma casa de eventos, no Bairro Universitário, em Criciúma, no dia 8 de dezembro de 2018. O adolescente teria ligação com outra facção criminosa que atua no sistema prisional. Após esse crime, Zuchinalli desapareceu, até que seu corpo foi encontrado com quatro perfurações ocasionadas por arma de fogo, com com braços e pernas amarradas e em estado avançado de putrefação.

A Polícia Civil descobriu que três homens são suspeitos de terem praticado o crime e tiveram decretadas suas prisões preventivas. Dois deles, de 19 e 27 anos, já haviam sido detidos e estavam no sistema prisional. Já o terceiro suspeito, de 31 anos, ainda não foi localizado. Dessa forma, é considerado foragido pela polícia civil.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.