Situação do ginásio de Balneário Arroio do Silva pode ser apurada em CPI

Requerimento é protocolado na Câmara de Vereadores para averiguar a responsabilidade em relação à obra abandonada que sofreu colapso na última semana

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Balneário Arroio do Silva

As pendências que envolvem o Ginásio de Esportes inacabado da Praia dos Golfinhos, em Balneário Arroio do Silva, devem ser apuradas também pelo Legislativo Municipal. Um requerimento para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) relacionada ao assunto foi apresentado na tarde dessa segunda-feira, 11, na Câmara de Vereadores, durante entrevista coletiva. A previsão é que o pedido seja votado nesta terça-feira, 12, em Plenário.

- PUBLICIDADE -

Conforme o assessor jurídico da Câmara de Balneário Arroio do Silva, Ricardo Feliciano, a comissão visa investigar desde o processo licitatório até as responsabilidades atuais. “O que se tem hoje, até o momento, é que há vicio construtivo. Foi feito um levantamento, um laudo pericial, que hoje está em mãos, e que aponta que desde o começo houve falha nas obras, por isso que veio a desabar. Mas esse não é o relatório final ainda. Vai ser averiguado através dessa CPI, que poderá ser instalada”, explana Feliciano.

Segundo o presidente do Legislativo, vereador Everaldo “Chapelão” Coelho Caetano, caso o requerimento seja aprovado, uma equipe técnica de engenharia deve ser contratada para auxiliar no processo de apuração dos dados. “A Câmara vai abrir a CPI para averiguar, inclusive, todos os relatórios de pagamentos, todas as medições, sobre como foi pago. Nós vamos levantar informações em relação a toda a estrutura, como a parte estrutural das colunas, vigas, tijolos… Não vamos deixar nada para trás. Essa Casa vai deixar tudo às claras”, afirma o presidente do Legislativo.

 

Confira a reportagem completa na edição desta terça-feira, 12, do jornal Tribuna de Notícias. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Balneário Arroio do Silva

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.