Mais de 4 mil eleitores terão os títulos cancelados no Rincão

Revisão eleitoral no município será concluída na próxima sexta-feira e apenas 20% dos que deixaram para a última hora farão o procedimento

Crédito: Lucas Colombo
- PUBLICIDADE -

Balneário Rincão

Pelo menos 4 mil eleitores do Balneário Rincão terão os títulos cancelados a partir do dia 8 de novembro. Isso porque, das quase 5 mil pessoas que ainda não realizaram a revisão eleitoral, que se encerra na sexta-feira da próxima semana, menos de 20% conseguirão fazer o procedimento, já que tanto o posto montado no município, quanto o Cartório Eleitoral de Içara possuem uma capacidade limite de atendimentos.

- PUBLICIDADE -

Tempo não faltou para que todos pudessem ficar em dia com a Justiça Eleitoral. A revisão teve início no dia de 10 de junho, com instalação de posto de atendimento no Balneário Rincão. Mas a nove dias do fim do prazo, menos de 60% dos eleitores realizaram o procedimento. “Falta bastante gente. A procura aumentou um pouco essa semana, mas não foi muito. Imaginamos que isso vai acabar se acentuando na semana que vem, como de praxe. Infelizmente, a gente percebe que existe certa inércia da população. Em todo o tipo de serviço, quando ouve falar em prazo final, último dia, aí é que se movimenta para fazer. A proposta do posto de atendimento foi facilitar. Ficar mais próximo da população. Montamos uma estrutura grande de atendimento. Em maio começamos a fazer a divulgação por todas as formas possíveis, até de porta em porta, já que as agentes de saúde entregaram panfletos. Muita gente nos procurou porque a agente de saúde levou a informação para eles. A informação chegou. Mas as pessoas vão deixando, não levam muito a serio. A perspectiva é essa. Vai ter bastante gente com o titulo cancelado”, revela o chefe do Cartório da 79ª Zona Eleitoral, em Içara, Marcos Antônio da Silva Moraes.

O procedimento consiste de uma atualização do cadastro eleitoral. Os eleitores devem comparecer munidos de documento de identidade e comprovante de vínculo com o município – faturas de serviços tais como, água, telefone, energia, internet, entre outros, em seu nome ou em nome de familiar até o 3º grau, contrato de aluguel ou de compra e venda, contrato de trabalho assinado por empresa sediada no município, atestado de frequência fornecido por instituição de ensino sediada no município. “Depois é feita a coleta biométrica, que é composta da assinatura na prancheta e a coleta das digitais e a fotografia. O processo todo dura em média 10 minutos”, explica Marcos.

Horário especial

Até a quarta-feira (dia 30), dos 11.757 eleitores do Balneário Rincão, 6.762 realizaram a revisão, ou seja, 57,5%. Dos 4.995 que ainda precisam fazer o procedimento, no Rincão, cerca de apenas 700 conseguirão, mesmo com um horário especial.

Como não ocorrerá atendimento nesta sexta-feira (1º), devido a uma manutenção do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o serviço será realizado na segunda e terça-feira das 12h às 18h, e nos últimos três dias, das 8h30 às 17h. “Pretendíamos fazer um plantão neste fim de semana, mas o TSE decidiu fazer uma manutenção no cadastro eleitoral e vai parar o sistema no país inteiro até o domingo. No horário normal de atendimento, das 12h às 18h, nossa capacidade é de 120 atendimentos por dia. Nos últimos três dias, quando vamos fazer o horário ampliado, é possível que chegue a 160 atendimentos diários. O fato é que infelizmente não tivemos uma demanda que permitisse ter uma ideia com exatidão. Não tivemos nenhum dia com uma procura bastante grande para dizer que o máximo que podemos atender em um dia”, destaca o chefe de cartório.

De qualquer forma, ele reitera o alto número de eleitores que terão os títulos cancelados. “É uma certeza. Mesmo que a partir da semana que vem, o pessoal decida procurar, não tempo como atender milhares de pessoas em uma semana. Por isso que foi estipulado um prazo de cinco meses para o atendimento no Rincão. Então com certeza, muita gente vai ser o seu titulo cancelado”, garante.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.