Licitação para tapar buracos das rodovias estaduais é revogada

Única participante do certame, empresa vencedora não havia seguido todo o protocolo e demonstrou não ter interesse na obra

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Após a assinatura do convênio com o Governo do Estado para integrar o programa Recuperar, o Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (CIM-Amrec) segue afinando os detalhes para o início dos trabalhos nas rodovias estaduais. Uma reunião realizada na sede da Amrec definiu procedimentos e até mesmo mudanças.

- PUBLICIDADE -

Após ser a única participante do edital de licitação para realizar os serviços de conservação estrutural das rodovias estaduais, a Crema Construções não terá o contrato homologado. O CIM-Amrec revogou a licitação, realizada na última segunda-feira, já que a empresa vencedora não havia seguido todo o protocolo a ser preenchido no edital.

A Comissão Permanente de Licitações de Criciúma ainda entrou em contato com o sócio-proprietário da empresa, que em resposta, não mostrou interesse, alegando que os preços da planilha orçamentária oficial estavam aquém dos praticados no mercado da região e, portando, não tinha interesse em realizar as obras. O edital de licitação será republicado, mais uma vez com o valor de R$ 1.465.262,38, que é o máximo disponibilizado pela Secretaria de Infraestrutura.

Leia a matéria completa no Tribuna de Notícias de segunda-feira

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.