Ideia de nova rodovia de acesso ao Balneário Rincão ganha força

- PUBLICIDADE -

Thiago Oliveira

Içara/Balneário Rincão

- PUBLICIDADE -

A revolução que a Via Rápida trouxe à região, com o caminho duplicado a BR-101, pode se estender até a praia. A ideia da implantação de uma nova rodovia de acesso ao Balneário Rincão ganha cada vez mais força. Tanto que os profissionais da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) já criaram um pré-projeto, com um possível traçado para a estrada.

A iniciativa surgiu no ano passado com o vereador içarense Pedro Mazzuchetti (MDB), que levou a ideia até o prefeito Murialdo Gastaldon (MDB), que por sua vez, transmitiu ao prefeito rinconense Jairo Custódio (MDB), além do presidente da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), Moacir Dagostin, e à reitora da Unesc, Luciane Ceretta. “O centro da Boa Vista (bairro onde passa o atual acesso Sul) está muito estrangulado. Não tem como duplicar, pois tem muitas casas perto. E um acesso novo vai ser barato para fazer. É tudo terreno rural. Eles vão até querer que saia o asfalto. E vai ser mais barato que indenizar alguém pela Boa Vista”, explica o vereador.

A ideia é que o novo acesso seja uma continuação da Via Rápida, tendo início no Poço Oito e indo até a Plataforma Sul. Um trajeto entre 7,8 e 8 quilômetros. “A Unesc ficou responsável por apresentar um desenho. A fase que está hoje, é que a Unesc já trouxe duas propostas alternativas. É viável. Não é um projeto caro. Mas não é uma iniciativa de curto prazo. Vamos tentar garantir para 2021, por aí”, destaca o Gastaldon.

O pré-projeto foi entregue pela Unesc ao prefeito içarense, que deve marcar uma reunião com os envolvidos na iniciativa. “Venho fazendo uma provocação, no sentido de termos uma bandeira de duplicar a Via Rápida ate o Balneário Rincão. Começamos a luta agora, para que isso se realize daqui um tempo”, afirma o presidente da Acic.

Vantagens da implantação

Melhoria na mobilidade, fomento ao turismo e criação de um novo vetor de desenvolvimento. Essas são algumas das vantagens apontadas com a criação de um novo acesso ao Balneário Rincão.

“Cria um novo vetor de desenvolvimento, valoriza as propriedades rurais mais ao Sul do município, facilita muito a mobilidade urbana, a mobilidade do acesso ao balneário e estimula o turismo, tanto das praias, das lagoas, quanto o turismo rural. Acredito que é uma topografia muito bonita por onde essa estrada vai passar, o traçado dela. Vai facilitar para abrir uma pousada, facilitar para o artesanato, agroindústria. Essa rodovia vai ser muito boa. Vai ter um efeito multiplicador muito grande do desenvolvimento entre Içara e Rincão”, analisa o prefeito de Içara.

O presidente da Acic, Moacir Dagostin, é um dos grandes motivadores do projeto. Já promoveu reuniões e levanta a bandeira de tirar a iniciativa do papel. “Eu fico entusiasmado quando enxergo essa rodovia duplicada até o Rincão. O desenvolvimento que isso vai gerar. Vai mudar completamente a Zona Sul. A rodovia vai sair praticamente na praia”, conta. “Não é uma obra tão grande assim. É menor que a Via Rápida e não tem tantas obras de arte, porque é um terreno plano, não é muito acidentado. Não teria que fazer pontes ou coisa parecida”, completa.

*Confira a reportagem completa no Tribuna de Notícias desta segunda-feira, dia 4.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Içara

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.