Forquilhinha recebeu, pela primeira vez, o embaixador da Alemanha

O objetivo do encontro foi a busca por parcerias entre Forquilhinha e o país europeu

- PUBLICIDADE -

 

A cidade de Forquilhinha, conhecida como a mais alemã do sul do estado, está comemorando a visita do Embaixador da Alemanha no Brasil, dr. Georg Witschel, e do Cônsul Geral, dr. Thomas Schmitt. Foi uma retribuição da visita feita em agosto no Consulado em Porto Alegre pelo presidente da Câmara de Vereadores, Maciel Da Soler (MDB), e pelo diretor de turismo, Geovane Westrup. Além deles, participaram deste jantar, o prefeito Dimas Kammer (PP), os presidentes da Acif e CDL, Adalto Spilere e Danny Warmling, o ex-prefeito de Forquilhinha, Paulo Hoepers, entre outras lideranças.

- PUBLICIDADE -

O município tem buscado formas de realizar parcerias com a Alemanha, fortalecendo ainda mais o vínculo com o país europeu, principalmente, por conta da história de colonização de imigrantes alemães. O vereador Maciel Da Soler disse que foi uma noite única para a cidade. “Eu posso resumir dizendo que foi uma visita espetacular, principalmente, em um momento onde estamos buscando criar uma identidade, resgatando as nossas tradições e nossas origens”, destacou.

Para o dr. Georg Witschel foi um encontro amigável e construtivo, onde diversas pautas foram abordadas. “Um dos assuntos discutidos foi essa questão de parcerias. Isso é possível, mas o que eu ressalto é que não existe nenhum mecanismo dos governos alemão ou brasileiro para que isso aconteça, a iniciativa tem que ser do município ou dos próprios cidadãos”, afirmou.

O encontro foi considerado positivo pelas lideranças e a expectativa é que essa conversa com os alemães gerem frutos. “Já está confirmado um novo encontro ainda para 2019, pra tentarmos dar mais um passo em relação aos intercâmbios, abrindo portas para os moradores de Forquilhinha que querem estudar, se aperfeiçoar e trabalhar na Alemanha.”, salientou Maciel Da Soler.

O que se tem de concreto em Santa Catarina, por enquanto, são algumas tratativas com a Secretaria de Estado da Educação para inclusão do idioma alemão como uma disciplina extracurricular, facilitando futuros intercâmbios com cidades alemãs. Para 2020, o embaixador garantiu que entra em vigor uma nova lei que vai permitir a entrada de mais de 260 mil imigrantes na Alemanha. “Aqui no sul do país, tem muitas pessoas com uma boa formação e nós estamos esperando uma alta demanda desta região. Uma das vantagens é que muitos já falam o nosso idioma por conta das suas origens e isso vai possibilitar muitas parcerias no futuro”, finalizou Witschel.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.