Consórcio deve garantir Plano de Mobilidade Urbana aos municípios

Dos 12 municípios da Amrec, nove ainda não realizaram o projeto. Ideia é licitar em conjunto para reduzir custos

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Exigido por lei federal, o Plano de Mobilidade Urbana foi realizado por apenas dois municípios da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec). Forquilhinha e Içara são os únicos que estão com o documento pronto, enquanto o projeto de Criciúma ainda está em andamento. As cidades restantes, porém, estão mais próximas de ficarem em dia com o plano, através do Consórcio Intermunicipal Multifinalitario (CIM-Amrec).

- PUBLICIDADE -

A ideia da Amrec é que através do consórcio, os municípios consigam realizar os projetos por um valor mais baixo. “Vai dar certo. Vamos acabar licitando pelo consórcio para contemplar os municípios que não fizeram. A gente fez uma reunião há duas semanas, conversamos com os prefeitos. Hoje (sexta-feira) foi feita outra reunião e foi entregue para os municípios observarem as propostas, sugerirem mudanças. Até quarta-feira vamos ter uma posição encaminhada para licitar”, explica o diretor executivo da associação, Vanderlei Alexandre, o Lei.

Confira a matéria completa na edição deste fim de semana do Tribuna de Notícias

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.