- PUBLICIDADE -

Siderópolis

Mais de uma década após boa parte das comunidades de São Pedro e Serrinha, em Siderópolis, ficarem submersas nas águas do Rio São Bento, a curiosidade sobre como está a paisagem no interior da área alagada só aumenta. Para tentar diminuir esse mistério que envolve a Barragem Egídio Amboni, dois mergulhadores resolveram explorar e documentar o trecho no entorno da emblemática torre da antiga igrejinha, observando detalhes da fauna, flora e construções que resistem contra a ação da água e do tempo.

- PUBLICIDADE -

Com duração de aproximadamente uma hora e meia, a iniciativa ocorreu na manhã desse domingo, 21, na área próxima ao dique de pedra. Equipados com dois cilindros de oxigênio cada um, o gestor de criação Dácio Alexandrino e o médico e instrutor de mergulho Kaleb Alexandre Régio Gomes se dedicaram a desbravar uma parte dos 450 hectares de água. “Tanto o Kaleb quanto eu somos de Criciúma e somos apaixonados por mergulho. Estamos sempre em busca de um lugar diferente para mergulhar. Até que lembramos desse lugar que está aqui bem pertinho e, até então, não tinha documento nenhum sobre o fundo da igreja. Então a ideia é, não somente sanar a nossa curiosidade, mas de toda a região”, explica Alexandrino, que tem 40 anos e há dois pratica a atividade.

Segundo os dois mergulhadores, a experiência teve bons resultados. Eles chegaram a 16 metros de profundidade, mas não foi preciso descer tanto no ponto da torre, já que a água nesse local alcançava entre oito e nove metros. “No caminho, vimos fundações de casas, poucas árvores e restos de construções locais. A igreja estava com a entrada intacta, com a fundação toda no local e algumas paredes e azulejos. Entramos na parte superior da torre da igreja, mas não achamos o sino”, resume Gomes, que tem 35 anos e, desde os 14, dedica-se ao mergulho.

Conforme os mergulhadores, as imagens captadas nesse fim de semana serão transformadas em um documentário. O vídeo será disponibilizado em redes sociais, como Youtube e Instagram, no perfil “Vai Fundo Oficial”.

Confira a reportagem completa na edição desta segunda-feira, 22, do Tribuna de Notícias. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Suelen Bongiolo
Em: Siderópolis

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.