Rever: aplicativo visa conscientizar sobre coletiva seletiva em Criciúma

Plataforma avisará o cidadão quando a coleta seletiva passará pelo bairro, além de ter informações sobre a Famcri e um espaço para denúncia

Foto: Divulgação/Jhulian Pereira
- PUBLICIDADE -

Criciúma

O cuidado com o meio ambiente está entre as preocupações do Governo de Criciúma. Desde então, a Administração Municipal, juntamente com a Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), realiza atividades voltadas à conscientização dos munícipes sobre o ecossistema. Agora, a tecnologia é o mais novo aliado. O aplicativo Rever tem informações essenciais sobre a coleta seletiva de Criciúma. A plataforma foi apresentada na solenidade desta terça-feira, 13, no Salão Ouro Negro, do Paço Municipal Marcos Rovaris.

- PUBLICIDADE -

O Rever conta com três principais funcionalidades: um lembrete automático avisando que o caminhão da coleta seletiva passará pela rua do bairro do cidadão; um mural de divulgação de informativos, campanhas, orientação sobre resíduo, entre outros assuntos relacionados com a Famcri; e a opção de denúncia para a população registrar ocorrências, como descarte de lixo em local inadequado.

“Desenvolver esse aplicativo soma muito. Esta ferramenta vai despertar a consciência das pessoas para assuntos voltados ao meio ambiente. São coletadas 4,1 mil toneladas por mês de lixo e vai, praticamente, todo para aterro sanitário e apenas 100 toneladas é reciclado. No dia 6 de janeiro de 2020, vamos inaugurar um pavilhão que terá três compartilhamentos, onde três cooperativas poderão atuar”, enfatiza o prefeito Clésio Salvaro.

Segundo o sócio-fundador da Appso Tecnologia, Fabricio Cardoso de Jesus, empresa criadora do aplicativo, os benefícios da ferramenta serão de curto, médio e longo prazo. “A plataforma Rever, que contemplará um ambiente de gestão para a fundação, também é um aplicativo de extrema importância. Além de conscientizar sobre a importância da reciclagem, também tem objetivo de fazer que toda a população seja aliada em prol da sustentabilidade. Proporcionando mais qualidade de vida, gerando inclusão social e, ainda, trazendo redução de custos para a Administração Municipal”, comenta.

A plataforma possibilita uma interação a mais entre a comunidade e o poder público sobre assuntos voltados à reciclagem. “É um aplicativo que servirá para avançarmos rumo à inovação e à melhoria na qualidade dos serviços da coleta seletiva de resíduos no município. Unindo tecnologia com a sustentabilidade, vamos avançar com o programa e estender o projeto a toda a cidade de Criciúma”, frisa a presidente da Famcri, Anequésselen Bitencourt Fortunato.

Coleta seletiva

Antes do sistema operacional, a Famcri já havia avançado em trabalhos em prol da coleta seletiva de resíduos. No mês passado, em uma pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) mostrou que Criciúma está entre os municípios do Sul que tem 100% dos resíduos sólidos coletados de forma correta. Além disso, o município carbonífero tem 70% dos bairros contemplados pela coleta seletiva.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.