Reitora da Unesc destaca papel das universidades no desenvolvimento regional

Gestora da Universidade participou do painel “Eu amo Araranguá”

- PUBLICIDADE -

Araranguá

A Unesc esteve presente no painel “Eu amo Araranguá”, realizado no IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina) Araranguá, onde a reitora da universidade, Luciane Bisognin Ceretta, falou da educação como vetor para o desenvolvimento. O evento também contou com as presenças de diversos painelistas, entre eles, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Júlio Garcia, e dos secretários de estado da Inovação, Sandro Yuri Pinheiro, e de Articulação Nacional, Diego Goulart.

- PUBLICIDADE -

Fazendo a fala de encerramento do evento, a reitora fez uma análise do desenvolvimento regional da cidade de Araranguá e da região onde está inserida, suas perspectivas econômicas e da importância da construção de um projeto político de desenvolvimento integrado, aliado a um ecossistema de inovação colaborativa. “As regiões com maior desenvolvimento são aquelas que conseguem desenvolver um projeto político de desenvolvimento integrado. Se olharmos Joinville, Florianópolis e Balneário Camboriú, que são referência em PIB e IDH em Santa Catarina, vamos avaliar como esses agrupamentos construíram esta realidade. Criou-se um ecossistema de inovação colaborativa e isso fez toda a diferença no decorrer dos anos nos indicadores e na geração de novas receitas”, salientou a reitora, reforçando a importância do conhecimento como base para o desenvolvimento.

Para Luciane, as universidades são protagonistas da criação destas práticas colaborativas, também potencializando as empresas locais, promovendo novos investimentos por conta da inovação gerada e estimulando a cultura local. Ela destaca que o papel das universidades inclui ainda a integração da sociedade, governos e empresas por conta da produção de conhecimentos socialmente relevantes, que serão repassados à sociedade, gerando inovações tecnológicas nas empresas e estimulando a participação do governo em projetos de inovação. “Deste modo, universidade, empresa e governo serão protagonistas de ações de desenvolvimento. Cabe à universidade formar agentes que multipliquem a inovação e a mudança. Ao governo fomentar as ações com políticas públicas e, às empresas, formar as parcerias com esses dois atores. Se tivermos esse modelo desenhado e estabelecido, teremos um caminho de futuro com uma imagem objetiva muito clara e fácil de ser atingida”, observou.

O potencial das cidades da região do Extremo Sul também foi destacado pela reitora da Unesc, como uma grande oportunidade a ser trabalhada. “Temos potenciais turísticos não explorados, localização estratégica, diversas instituições de ensino superior no município, modais logísticos em fase de ampliação e bem estabelecidos, forte capacidade de agregar forças colaborativas em prol do desenvolvimento do município, possibilidade de estabelecer uma política de atração de novos investimentos e indicadores ambientais em crescimento”, salientou.

Como lição de casa, é fundamental que as cidades busquem parcerias com a Universidade para a criação de planos de desenvolvimento sócio econômicos e outros projetos, que formem a base de dados e indicadores, e que serão balizadores para gestores municipais, investidores e pesquisadores. “Temos metodologias próprias para tudo isso, para criar esses planos, incluindo aí um plano de indicação geográfica para o turismo, um programa de apoio ao empreendedorismo, realização de análise de ambiente para atração de novos investimentos, elaboração de projetos integrados de arte e cultura, construção de um ecossistema de inovação, prestação de serviços em gestão de negócios, realização de programas de qualificação de pessoas, expertise para realização de pesquisa aplicada para o desenvolvimento da indústria e do agronegócio, entre tantas outras soluções”, finalizou.

Presença no Vale do Araranguá

A Unesc reforçou em 2019 a sua presença no Vale do Araranguá, instalando o seu polo de educação a distância e em setembro inaugurando a sua unidade, inicialmente atendendo aos cursos EaD no prédio especialmente preparado para as atividades, com espaços diferenciados e ambientes contemporâneos. Ele está localizado na Rodovia Governador Jorge Lacerda, número 2320, bairro Divinéia, e será o ponto de encontro da Unesc na Cidade das Avenidas até a inauguração do bairro Cidade Universitária, em parceria com a Weber Empreendimentos. Já nesta ampliação a Universidade oferece cursos de graduação, pós-graduação e extensão para início das atividades em outubro, além de cursos de curta duração.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.