Nova Veneza: Situação do Hospital São Marcos é debatida em reunião

Desde a manhã desta quinta-feira, instituição está atendendo apenas casos de emergência

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Nova Veneza

A situação do Hospital São Marcos, de Nova Veneza, que está com 70% dos funcionários em greve, foi pauta de uma reunião na tarde nesta quinta-feira, 11, na Prefeitura de Criciúma. O encontro contou com a presença do presidente da Associação dos Municípios da Região Sul Carbonífera (Amrec), o prefeito Clésio Salvaro; o prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo; o diretor executivo da Amrec, Vanderlei Alexandre; e o assessor de saúde, Adjalma Mastela.

- PUBLICIDADE -

Dentre os temas discutidos na reunião esteve a expectativa de estadualização do hospital. Os prefeitos ligaram para diretor-geral do Instituto Maria Schmitt (Imas), Ricardo Ghellere, que responde pelo hospital. Nas negociações, ficou acertado que o pagamento dos salários dos funcionários seja feito até esta sexta-feira, 12, para que seja possível normalizar os serviços. Desde a manhã desta quinta-feira, a instituição está atendendo apenas casos de emergência. A média de atendimentos mensais é de 1,5 mil pacientes.

O Município de Nova Veneza repassa mensalmente ao Imas, via convênio, R$ 130 mil, que é voltado ao funcionamento do Pronto Atendimento 24 Horas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Nova Veneza

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.