Médicos especialistas de Içara poderão optar por produtividade

Projeto aprovado na Câmara nesta semana é uma alternativa para que esses profissionais não precisem cumprir carga horária total quando não há mais pacientes marcados para aquele dia

Foto: Lucas Colombo/TN
- PUBLICIDADE -

Içara

Os médicos especialistas que atendem pela rede pública de Içara passarão a contar com duas alternativas para remuneração: pela carga horária completa ou por produtividade. A medida foi aprovada nesta semana pelo Legislativo Municipal, permitindo que esses profissionais possam optar pelo sistema de produção, recebendo pela quantidade de pacientes atendidos. Mas, para isso, precisarão seguir critérios específicos, para garantir o atendimento à população.

- PUBLICIDADE -

As regras desse novo modelo foram definidas em conjunto entre a Secretaria Municipal de Saúde e o Ministério Público (MP). Elas foram apresentadas em forma de emenda ao projeto nº 48/2019, que obteve aprovação na Câmara de Vereadores. “Então os médicos que optarem por produtividade, obrigatoriamente, vão ter que cumprir metade da carga horária, via relógio-ponto, e o restante da carga com um mínimo de consultas estabelecidas pela própria lei, além de outros critérios”, salienta a secretária de Saúde de Içara, Jaqueline dos Santos.

Segundo ela, a medida foi necessária já que há resistência por parte desses médicos em cumprirem a carga horária, pois, diferente de um generalista (que atua nas unidades básicas), eles atendem pacientes pré-agendados. “Então os especialistas têm consultas que levam 30 minutos, como têm consultas que são retorno, que duram dez a 15 minutos. Com o projeto, quando acaba aquela quantidade de consultas da manhã ou da tarde, eles não vão precisar ficar esperando para bater o relógio-ponto”, explica a secretária.

A medida ainda é desdobrar de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado pelo Município em 2006, para que todos os profissionais da saúde tivessem ponto-eletrônico.

Confira a reportagem completa na edição desta quinta-feira, 7, do jornal Tribuna de Notícias. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Içara

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.