Urussanga: Skate leva novas vivências à Apae

Esporte, através do projeto SkateAnima, traz alegria e proporciona a inclusão por meio do esporte para os alunos de Urussanga

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Urussanga

- PUBLICIDADE -

Um dia para vivenciar novas experiências e proporcionar emoções diferenciadas por meio do Skate. Esta foi a proposta do Projeto SkateAnima realizado na manhã do último sábado, dia 30, em Urussanga. A iniciativa da marca/loja Rock City Inc., realizada em parceria com a Administração Municipal, por meio do Departamento Municipal de Esportes e da Apae do município possibilitou uma experiência diferenciada aos alunos da instituição por meio do Skate.“Esta é uma iniciativa maravilhosa. Para nós, pais, é um grande orgulho e um prazer imenso ver nossos filhos participando deste projeto. Parabéns a toda a organização”, enaltece Márcia Peraro, mão de Yasmin, aluna da Apae.

De acordo com a diretora da Apae, Maristela de Jesus, o projeto proporcionou sensações diferenciadas aos alunos da instituição. “Foi uma manhã maravilhosa, com muita alegria e que com certeza garantiu a melhora da autoestima dos nossos alunos. Eles se desafiaram a vir e viver a superação para andar de skate, ficar em pé. Foi uma aula de inclusão”, garante.

Com a primeira edição do projeto, a ideia é de expandi-lo para outras escolas da região. “Essa foi uma semente que plantamos esse ano e a ideia é de expandirmos para outras Apaes da região. Foi um evento que superou nossas expectativas. As crianças adoraram, os pais nos deram um feedback muito positivo. Foi realmente emocionante”, enaltece o proprietário da Rock City Inc., Sandro Zanatta.

Participação de crianças e adolescentes

O evento contou com a participação de 15 crianças e adolescentes da Apae de Urussanga, além da presença de personagens e super-heróis. “Foi um evento marcante que mostrou que realmente o esporte é a maior ferramenta de inclusão social. Só temos a agradecer a todos que se esforçaram para trazer este projeto pela primeira vez em Urussanga”, enaltece o diretor de esportes de Urussanga, Thiago Mutini.

De acordo com a fisioterapeuta da Apae de Urussanga, Jocimara Duarte de Oliveira, o projeto é de grande importância para os alunos da escola. “Este projeto torna acessível a prática do skate adaptado às pessoas com deficiência, promovendo assim, a inclusão social e esportiva, e autonomia destas mesmas pessoas.  Outro aspecto trabalhado é o equilíbrio (que se dá mesmo com a pessoa sentada), desenvolvido através do lúdico, sendo muito importante principalmente quando se trabalha com crianças”, garante.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.