Tigre se agarra aos 3% de chances

De acordo com o site Chance de Gol, time tem 97% de probabilidade de ser rebaixado para a Série C. Necessidade é de, no mínimo, quatro vitórias em cinco jogos

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A situação do Criciúma, na Série B, é desesperadora. De acordo com os cálculos dos matemáticos responsáveis pelo site Chance de Gol, o time tem risco de rebaixamento de 97%. Depois da derrota por 1 a 0 para o Operário, na terça-feira o Tricolor Carvoeiro caiu para o penúltimo lugar – apenas à frente do São Bento. A equipe treinada por Roberto Cavalo segue com 31 pontos e tem cinco partidas pela frente. Precisa, ao menos, de quatro vitórias para chegar a 43  pontos – 12 a mais do que tem atualmente – e alcançar 90% de possibilidades de escapar da Série C.

A primeira missão é contra o Sport, no sábado, em Recife. Sem vencer há oito jogos, o próximo desafio do Tigre será complicado. O Leão é o vice-líder da competição e tem os dois artillheiros da Série B: Hernane, o Brocador, com 14 gols e Guilherme, que divide o segundo posto com Rodrigão, do Coritiba, com 13 gols. Só os dois jogadores do time de Recife marcaram mais gols do que todo o time do Criciúma: 27 contra 24. O time do Sport marcou 44 gols, uma média de 1,3 gols por duelo, enquanto a média do Tricolor Carvoeiro é de 0.72 gol por confronto.

Além disso, o Tigre é o pior visitante da Série B, – com apenas uma vitória , diante do Brasil, em Pelotas, por 1 a 0, gol de Reis, antes da parada para a Copa América. Além desse resultado, o time empatou seis e perdeu nove partidas disputadas fora de casa. Dos próximos cinco jogos na competição, três são fora do Majestoso: Sport, Bragantino e Oeste. Apenas Londrina e Paraná jogarão no Heriberto Hülse.

Probabilidades de escapar por pontuação final*

46 e 45 pontos – 99%

44 pontos – 97 a 99%

43 pontos – 90%

42 pontos – 60 a 80%

41 pontos – 50%

*números do site Chances de Gol

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.