Tigre: Os nove ameaçados da Série B

Para o volante Wesley, a partir do 12º colocado, todos os clubes estão correndo riscos de rebaixamento para a Terceira Divisão

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Com a 26ª rodada da Série B em andamento, o desenho de quem vai brigar para subir ou para cair fica cada vez mais claro. Protagonistas das ações, os jogadores também dão os “pitacos” na classificação. Para o volante Wesley, a partir do 12º colocado todos correm risco de rebaixamento para a Terceira Divisão. “O momento, não só para o Criciúma, mas para as equipes que estão até o 11º lugar (na verdade, em 12º), está complicado. Um jogo que ganha já oscila bastante. Então, está todo mundo nesta situação. Na minha opinião, quem somar o maior número de pontos, agora, nesta sequência forte que vai ter, vai ser importante para poder escapar e ter um final de ano feliz”, comenta.

Dos próximos quatro jogos do Criciúma, três serão no Majestoso. O momento é de pontuar e fazer valer o fator casa para escapar da zona da degola. “Já passou da hora, não mais para deixar. É a hora de imprimirmos nosso ritmo, dentro de casa, com o apoio dos nossos torcedores, para conseguirmos o maior número de pontos aqui em casa. Depois vamos sair para fazer jogos consistentes e somar pontos”, ressalta.

O jogador confessa que prefere não acompanhar a tabela de classificação e pensa no desempenho jogo a jogo para tirar um pouco da pressão pelas vitórias. “Tem os resultados que, às vezes, a gente fica sabendo, mas nessa situação, não só eu, mas outros jogadores também, não olham a tabela para que a gente faça a nossa parte. No final, sim, queremos olhar a tabela e saber que valeu a pena”, enfatiza.

Mesmo sem acompanhar de perto o desenvolvimento do campeonato, Wesley dá uma “secadinha” nos adversários diretos contra o Z-4. “Tudo que for bom para o Criciúma, nesta fase, é fundamental, mas desde que a gente faça a nossa parte. Então, tomara que a gente consiga o resultado positivo, dentro de casa, lógico que respeitando o adversário, porque não tem jogo fácil. Mas dentro da nossa casa, com o apoio dos torcedores que estão por vir, eu acho que vai ser de grande importância para a gente conseguir o triunfo”, pontua.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.