Tigre: Mais atenção para subir na tabela

Centroavante Léo Gamalho destaca os três jogos sem perder, em sequência, do Criciúma, mas reforça que time precisa estar atento durante todas as partidas

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A vitória do Tigre sobre o Coritiba garantiu a terceira partida sem derrota, em sequência, da equipe treinada por Gilson Kleina na Série B deste ano. Agora, os desafios serão no Nordeste do Brasil diante de Vitória e CRB. Os confrontos serão importantes, porém, para o centroavante Léo Gamalho, a relevância é a mesma do que a partida diante dos paranaenses. E mais: ele garante que o Criciúma precisa estar mais atento durante os jogos. “Todo jogo é importante. Os mesmos três pontos do Vitória e do CRB valem contra o Coritiba. A questão é que precisamos encarar o jogo melhor. O gol no primeiro minuto do segundo tempo tem que trazer um aprendizado para a gente. Precisamos estar mais atentos. Em algumas situações de campo, temos que melhorar: caprichar um pouco mais no último passe e nas finalizações. Agora, o importante é somarmos pontos”, comenta.

Mesmo com os baianos estando na lanterna da competição, Gamalho não considera que o confronto será fácil. Pelo contrário, o camisa 99 acredita que esses são os jogos mais complicados para o Tigre. “A posição na tabela não altera muito. O Vitória desceu da Série A, está na Série B, e deve estar com problemas talvez até extracampo. Para mim, os jogos mais complicados são esses: é muito difícil, porque eles jogam com pressão, a torcida em cima e vai empurrar e pressionar. É um time que pode estar nervoso, mas tenho certeza que não vai querer perder ou empatar em casa. Então, acho que é um jogo complicadíssimo e nós precisamos estar atentos. Temos que usar algumas armas à nosso favor. Quem sabe, o nervosismo e a ansiedade da equipe deles. Espero que nossa equipe esteja madura para conseguir um resultado bom”, pontua.

O triunfo diante do Coritiba serve de alívio, mas também confirma a boa campanha do Criciúma. “Estamos com duas vitórias seguidas e, agora, temos dois jogos fora de casa, então, é uma confirmação. Realmente, o Kleina bate na tecla de que o nosso grupo trabalha bem e que os resultados precisavam vir. Então, praticamente não se contratou ninguém, nesse tempo todo, e nossa equipe está reagindo com resultados. Isso é bom para dar uma resposta boa ao torcedor”, ressalta.

A emoção nas partidas está garantida, mas o centroavante espera que o time não faça o torcedor sofrer em todos os jogos. “Aos 49 minutos é para sofrer bastante. Incrivel. Depois, foi começar o jogo e o juiz acabou. Aconteceu isso também contra o Joinville, na vez que o Daniel Costa fez o gol de falta, acho que o torcedor do Criciúma está se acostumando a ter muita emoção. Espero que, daqui para a frente, a gente não dê tanta emoção assim de fazer os gols no final”, comenta.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.