Tigre: Foco é se afastar do Z-4

Embora ainda haja 16 partidas para o Criciúma, na Série B, o objetivo dos atletas é deixar o quanto antes a posição incômoda na tabela


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Não dá para o Tigre adiar mais a saída da parte de baixo da tabela. Esse é o mantra colocado entre os jogadores do Criciúma. Afinal, quanto mais o tempo passar e a equipe se enraizar na posição incômoda, maior será o desespero da equipe. Assim, o objetivo é vencer já o próximo jogo, diante do Atlético-GO, para subir na tabela. “Sabemos que está muito cedo para pensar em acesso e descenso, mas não podemos pensar também que lá na frente vamos sair dessa situação. Temos que sair o quanto antes dessa posição”, alerta o lateral Caíque.

Mesmo com a situação complicada, o foco dos atletas ainda não é na obtenção dos 45 pontos para fugir do rebaixamento. Caíque garante foco “jogo a jogo”. “Não adianta pensar em chegar numa certa quantidade de pontos, vamos focar em cada partida para somar o máximo de pontos possíveis”, pontua.

Outro fato importante é grande perda de pontos do Tigre dentro do Majestoso. Até o momento, o time tem módicos 48% de aproveitamento em casa. São quatro vitórias, quatro empates e três derrotas. Apenas 16 pontos conquistados em 33 disputados. Então, outro objetivo é voltar a fazer do Majestoso um caldeirão. “A gente vem trabalhando para isso. Temos que parar de perder pontos em casa. Deixamos alguns pontos importantes aqui, em jogos indesejados, mas vamos trabalhar para nos recuperar o mais rápido possível”, comenta Caíque.

Pausa importante para o trabalho                         

Desde a quarta-feira passada até a próxima quinta-feira serão nove dias de treinos para o grupo de jogadores. Ainda em adaptação ao novo treinador, Waguinho Dias, Caíque garante que a pausa é importante para assimilação do trabalho. “Estamos entendendo a forma de trabalho dele. Vai ser bastante importante essa parada até o próximo jogo e ele vai colocando mais o trabalho dele e vamos entendendo cada vez mais. O Waguinho chegou há pouco tempo, mas as coisas que ele passa para a gente são bem aproveitadas. Essa pausa vai ser fundamental para que ele possa passar tudo o que ele entende e a gente assimilar para sair dessa situação”, ressalta o jogador.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.