Tigre: Em campo, o respeito pelo manto carvoeiro

Já rebaixado para a Série C, Criciúma encerra a trágica temporada diante do Oeste, fora de casa, em busca de uma vitória para amenizar os maus resultados

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O peso da camisa do Criciúma. A história gloriosa do clube e o respeito pelo manto carvoeiro. Esses são os pontos que motivam os jogadores a conseguirem uma vitória, hoje, a partir das 21h30min, diante do Oeste, em Barueri. Em termos de classificação, pouco resolverá: o Tigre já está rebaixado para a Série C e o time do interior paulista não tem mais ambições na competição. “Uma vitória seria deixar a melhor impressão possível. Será um jogo difícil contra o Oeste. A gente sabe que lá já esta tudo tranquilo, pois a permanência ajuda. Nós vamos preocupados, ainda tristes“, comenta o técnico Roberto Cavalo.

Para o comandante carvoeiro, os jogadores ainda estão abalados psicologicamente. Ele sabe também que o campeonato não foi bom. “O aproveitamento foi muito abaixo, mas é um jogo da Série B do Brasileiro e que será o último. Temos que fazer por merecer, honrar a camisa do Criicúma que é um time conhecido nível Brasil e mundo. Tenho certeza do que treinamos e conversamos com jogadores eles vão fazer o melhor”, ressalta o treinador.

A tristeza pelo rebaixamento ainda é grande. Cavalo garante que a maioria dos jogadores está sentindo isso. Foi a primeira queda do treinador para a Terceira Divisão e ele lamenta ainda mais que tenha sido com o Criciúma. “É doído. O clube da cidade, que temos história, que amamos de coração, não da boca para fora. Tudo na vida pode acontecer”, comenta.

O treinador admite que o ano do Criciúma foi mal planejado, mas se coloca como um dos responsáveis pelo rebaixamento. “Quem ficou fui eu. Assumi com a comissão técnica e jogadores. Algumas coisas não fluíram como achei que ia acontecer. Falei com convicção que o Criciúma não ia ter rebaixamento. Infelizmente um atleta machucado, outro cartão, algum erro de arbitragem, mas não é só isso: a maior responsabilidade é sempre minha, mas teve alguns detalhes que fez com que o Criciúma tivesse um ano ruim”, pontua Cavalo.

Campeonato Brasileiro – Série B – 38ª Rodada

29/11 (sexta-feira) – 21h30min – Arena Barueri, em Barueri/SP

OESTE

Matheus Cavichiolli; Felipe Gregório, Lídio, Caetano e Gustavo Salomão; Betinho, Matheus Jussa, Thiaguinho e Mazinho; Fábio e Welliton. Técnico: Renan Freitas

CRICIÚMA

Paulo Gianezini; Carlos Eduardo (Thales), Sandro, Derlan e Marlon; Jean Mangabeira, Eduardo, Foguinho e Reis; Andrew e Léo Gamalho. Técnico: Roberto Cavalo

Arbitragem: Lucas Guimarães Rechatiko Horn; Auxiliares: Lúcio Beiersdorf Flor e Maíra Mastella Moreira (trio do RS)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.