Tigre: Dúvidas para definir os titulares

Apesar do momento de instabilidade, Wilsão tem procurado passar confiança para o grupo de jogadores

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Desde quarta-feira, Wilsão vem colocando algumas formações diferentes nos treinos do Criciúma. Nos dois primeiros coletivos, usou o sistema 4-4-2. No primeiro trabalho com Daniel Costa. Na quinta-feira, foi a vez de Eduardo entrar no meio. Liel, Foguinho e Wesley sempre estiveram no time. As maiores dúvidas estão no ataque. Julimar parece ser presença garantida. O companheiro pode ser Reinaldo ou ainda Léo Gamalho. Lúcio Flávio e Vinícius devem ficar no banco de reservas, assim como Reis.

Na tarde de sexta-feira, no gramado do estádio Heriberto Hülse, Wilsão fez uma experiência: escalou o time no 4-1-4-1 com Daniel Costa como homem mais avançado e Reinaldo e Julimar aberto pelas extremidades, na segunda linha de quatro jogadores. Wesley e Foguinho estavam pelo meio e Liel fez proteção à zaga. O começo do trabalho não foi bom. O time considerado reserva, que usava o sistema tático do Sport, o 4-3-3, começou vencendo por 2 a 0 em cinco minutos de trabalho. Gols de Lúcio Flávio e Reis. Wilsão advertiu os titulares e cobrou mais atenção. “Ainda não identifiquei aquilo que eu gostaria. Espero encontrar isso hoje (sexta-feira) para dormir tranquilo. No sábado pela manhã, vamos definir, de qualquer forma, a equipe. Mas é o que temos para o momento. Preciso olhar algumas situações que eu, até então, não tinha visto. Eles (Jogadores) foram comunicados disso. E está dando certo, pois os que tão entrando se esforçam ao máximo para que permaneçam na equipe”, comentou Wilsão.

O adversário é considerado perigoso. O Sport tem 23 pontos e está próximo dos quatro primeiros colocados. Com jogadores experientes, como o zagueiro Rafael Thyere e os atacantes Guilherme e Hernane Brocador, o time requer muita atenção do Criciúma. “Os jogadores estão cientes da nossa responsabilidade. Além do Hernane, tem o Guilherme e o Ezequiel pelos lados, dois caras extremos com rapidez, mas se a gente for analisar a tabela, os jogos mais fáceis não ganhamos. Então, temos que vencer os mais difíceis. Na vida não é apenas o provável que acontece. Então, vamos trabalhar em cima disso”, pontuou o técnico carvoeiro.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.