Tigre: Defesa cada vez mais sólida

Criciúma sofre apenas um gol em quatro partidas e Sandro exalta o trabalho da equipe inteira, não apenas o sistema defensivo

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Desde a partida diante do Paraná, o Tigre sofreu apenas um gol – na vitória contra o Oeste por 3 a 1 – na Série B. Para o zagueiro Sandro, os méritos não são apenas do sistema defensivo, mas, sim, do time que marca forte desde o ataque. “Tem todo o respaldo dos caras da frente, que estão diminuindo bastante o espaço, ‘matando’ as jogadas que tem que ‘matar’, não deixando o adversário tranquilo para fazer passes entre as linhas, então, eles também têm uma porcentagem nisso: não só os defensores atrás, todo sistema em si está funcionando e tem que ficar melhor ainda. Temos que sofrer menos e, lá na frente, quando aparecer, os caras têm que botar para dentro”, comenta o defensor.

A concorrência com Thales é tida como saudável. Nos últimos jogos de Wilsão no comando técnico, o recém contratado zagueiro assumiu a posição, porém, na chegada de Waguinho, Sandro voltou a ser titular. “Ninguém tem cadeira cativa. Há, sim, um grupo e, no momento que for solicitado, tem que corresponder à altura. Nosso companheiro veio e tem qualidade, sei das minhas qualidades, tem o Rodrigo também que está no elenco. Estamos trabalhando sempre para o Criciúma sair ganhando”, exalta Sandro.

O sistema favorito do técnico Waguinho Dias é o 4-3-3, porém, o fato de ter três atacantes em campo não muda a postura da defesa. Isso porque os jogadores chamados de “extremas” ou “de beirada” auxiliam na marcação. “O sistema do futebol mudou. Os jogadores ‘de beirada’ têm a responsabilidade de compactar o meio de campo, o professor trabalha bem isso com o Reis, Ceará e outros companheiros que fazem essa transição rápida. Mesmo que esteja compactado, dentro do campo varia o esquema e os jogadores ‘de beirada’ ajudam bastante. Esse esquema com três atacantes segura bastante a linha dos caras na defesa”, pontua Sandro.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.