Tigre: Clássico para movimentar a manhã de sábado

Pressionado e precisando da vitória, o Tigre recebe o Figueirense, às 11 horas, no Majestoso. Após duas derrotas, jogadores fazem pacto pelos três pontos para espantar a má fase


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Clássico não se joga, se vence. Com esse espírito, o Criciúma encarará o Figueirense, neste sábado, às 11 horas, no Majestoso. Após duas derrotas no Nordeste, o grupo de jogadores está voltado somente para o triunfo. O Tigre está a três pontos da zona de rebaixamento e precisa urgentemente da vitória para se afastar da região perigosa da tabela. Por isso, os atletas estão focados em manter a concentração, durante os 90 minutos, e não oscilar em campo. “Após a derrota contra o CRB, a gente se fechou e nós decidimos não passar mais vergonha. Claro que a gente pode perder, mas não da forma que tem sido. No segundo tempo, a gente entra desligado. Então, a gente vai fazer o máximo para não perder o foco em momento algum”, comenta o lateral Marcos Vinícius.

Concentrados desde a noite de quinta-feira, os jogadores estão imbuídos no objetivo maior. Não houve reclamações ou murmúrios por ficar em regime restrito, mesmo tendo ficado uma semana longe das famílias. “O grupo está fechado. Bem fechado. Eu não vi ninguém reclamar que concentrou, nada. Isso mostra o profissionalismo e o respeito por cada um que trabalha aqui. Temos respeito por todo mundo e o que eles fizerem para nós, queremos dar o retorno o mais rápido possível”, pontua Marcos.

Apesar do horário pouco habitual nas partidas do Tigre, a promessa é de um bom público. O esforço não faltará, isso é o que garante o defensor. “Agora é clássico e a gente vai com tudo para buscar essa vitória, o mais rápido possível”, ressalta.

Campeonato Brasileiro – Série B – 12ª Rodada

27/07 (sábado) – 11 horas – estádio Heriberto Hülse

CRICIÚMA

Luiz; Marcos Vinícius, Sandro, Derlan e Marlon; Adilson Goiano (Jean Mangabeira), Eduardo e Wesley; Reis, Léo Gamalho e Vinícius. Técnico: Juninho Lola

FIGUEIRENSE

Denis; Victor Guilherme, Ruan Renato, Alemão e Matheus Destro; Zé Antônio, Betinho e Tony; Fellipe Mateus, Willian Popp e Matheus Lucas. Técnico: Hemerson Maria

Arbitragem: Flavio Rodrigues de Souza; Auxiliares: Alex Ang Ribeiro e Luiz Alberto Andrini Nogueira (Trio de SP)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.