Nova Veneza: Igualdade no Clássico da Polenta

Caravaggio e Metropolitano empataram na primeira partida da final do Regional da Larm e quem vencer na partida de volta, no Darci Marini, será o campeão

Foto: Lucas Colombo/TN
- PUBLICIDADE -

Lucas Colombo
Nova Veneza

A decisão do  Campeonato Regional da LARM- “Taça Carvão Mineral ficou, realmente, para a partida de volta da final no dia 15 deste mês. Isso porque o primeiro confronto entre Caravaggio e Metropolitano, domingo, no Estádio da Montanha, terminou em igualdade no placar. O Metrô abriu o marcador com Lalau, mas Edivânio marcou o gol do empate para o Caravaggio.

- PUBLICIDADE -

O confronto foi equilibrado e na primeira etapa as equipes jogaram uma partida de muita marcação e sem grandes jogadas de ataque. Ambos os times tiveram poucas oportunidades claras de gol. Porém na segunda etapa, a partida continuou equilibrada, mas as bolas paradas fizeram a diferença e aos 19 minutos em cobrança de escanteio, João Simon cabeceou, Marcelo falhou e a bola sobrou para Lalau abrir o placar para o Metropolitano. Já aos 42 minutos, também, em um escanteio, Edivânio apareceu para marcar o gol de empate do Caravaggio.

 

“Mais um jogo equilibrado, o quinto do ano resolvido em detalhe, dois gols de bola parada retrata bem uma disputa tão equilibrada e parelha”, comentou o atleta do Caravaggio, Breno. Desta forma, a equipe que sair vitoriosa na partida de volta será a campeão da competição, em caso de empate a disputa irá para a prorrogação e se persistir a igualdade, para os pênaltis.

 

Disputa em aberto

 

Para o técnico do Caravaggio, Serraninho, a disputa pelo título continua em aberto e a equipe tem chances de, fora de casa,  se sagrar campeã. “Jogo equilibrado, gols saíram de bola parada, não foi um jogo um espetáculo que o público esperava. Quando se trata de clássico é um jogo truncado, fechado, e o placar foi um resumo disso. Agora está em aberto e vamos para o Darci Marini vivos e com chances de ir lá buscar esse título”, disse.

 

Já para o presidente e técnico interino do Metropolitano, Maykon Minatto Michels, a equipe perdeu a chance de abrir uma vantagem na luta pelo título. “Vai ser decidido no detalhe, tivemos chance de matar o jogo, tudo que não queiramos era sair sem a vitória, time deles deu a vida e  o nosso também, todo mundo no limite”, comentou. “Clássico é isso aí os dois times querendo vencer, ficou tudo em aberto, não tem nada definido. O time deles é muito forte e agora jogando em casa temos que fazer nosso papel, porque time que quer ser campeão tem que fazer o dever de casa”, completou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Redação TNSUL
Em: Nova Veneza

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.