Içarenses buscam vaga olímpica no xadrez

Irmãs Kathiê e Ana Júlia Librelato participam do quinto Aberto do Brasil Caiobá de Xadrez. Jogos acontecem até domingo no interior paranaense

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Caiobá/PR

- PUBLICIDADE -

Após as medalhas conquistadas pela equipe de caratê no Pan-Americano, o esporte de Içara continua se destacando no Brasil e no mundo. As enxadristas içarenses Kathiê Goulart Librelato e Ana Julia Goulart Librelato, da equipe ACX-Içara/FME-Içara/UNESC/Librelato disputam mais um desafio, na luta pela sonhada vaga olímpica brasileira. A dupla de irmãs participa, até domingo, 18, do 5º Aberto do Brasil SESC Caiobá de Xadrez. Os jogos acontecem em Caiobá, interior do Paraná.

O evento, que é disputado em nove rodadas, define os campeões por pontos corridos e faz parte do Circuito pré-olímpico do Brasil, válido para cálculo de Rating da Federação Internacional de Xadrez (FIDE, na sigla, em Francês). Os principais nomes do xadrez brasileiro estarão presentes. “A expectativa é que as atletas içarenses tragam bons resultados, e que em especial a Kathiê consiga trazer um novo bom performance e se consolidar cada vez mais na briga por uma das cinco vagas para a equipe olímpica brasileira”, destaca o técnico Claudionor Pirola.

O evento é disputado por equipe: cinco representantes de cada país (no absoluto e no feminino). A escolha da seleção brasileira feminina se dará pelo desempenho (rating performance) das atletas brasileiras em eventos oficiais da Confederação Brasileira de Xadrez (CBX) durante o ciclo olímpico, que contempla os anos de 2019 e 2020.

Atualmente, Kathiê ocupa a dianteira na busca pela classificação e convocação de 2020, tendo como foco repetir o feito dos últimos anos e pela terceira vez consecutiva representar o país no principal evento esportivo da modalidade.

As Olimpíadas Mundiais de Xadrez são o principal evento esportivo da modalidade. A cada dois anos, a competição reúne mais de mil atletas com 150 países representados.   Em 2020, as Olimpíadas alcançam a 44ª Edição e serão realizadas na cidade Russa de Khanty-Mansiysk, um dos berços do xadrez mundial.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.