Foco e trabalho no Criciúma

Autor do gol que desafogou o time, diante do Sport, Foguinho fala em dar sequência nas vitórias e baixar a cabeça e seguir corrigindo os erros

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Após o triunfo que tirou o time da zona de rebaixamento na Série B, o Criciúma segue trabalhando e forte para manter a sequência positiva na competição. O objetivo do grupo de jogadores, agora, é dar continuidade nas vitórias para afastar ainda mais o time da temida posição no campeonato. “A palavra hoje no Criciúma é trabalho: dar sequencia, baixar a cabeça. O grupo soube absorver críticas construtivas e trouxe isso de uma forma positiva. Tanto diretoria, torcida, que fez essa cobrança e a gente absorveu. Feliz que todo mundo entendeu e a gente espera dar sequencia no trabalho, todo mundo focado e vamos forte contra o Londrina”, comenta Foguinho, autor do gol no domingo.

Antes da partida contra o Sport, a pressão era grande nos jogadores do Tigre, mas, de acordo com o volante, o grupo de jogadores soube absorver essa ansiedade em campo. “A gente começou o jogo na lanterna, trouxe uma pressão maior ainda, mas o grupo soube administrar dentro do jogo. De certa forma, tinha uma ansiedade por isso, o Sport era um adversário muito difícil, tinha perdido somente uma no campeonato. A gente conseguiu essa façanha, que era ganhar do Sport, uma equipe muito qualificada. Feliz pela desempenho de todos, e tem que continuar trabalhando”, completou o volante.

Recém-chegado do Caxias, que disputava a Série D, Foguinho já criou uma identificação com o Criciúma. A vibração apresentada na comemoração do gol é também uma característica do camisa 35. “Sempre foi uma característica minha: de vibração, de chamar a torcida para o jogo. A gente sabe que a torcida carvoeira apoia bastante, sentimos isso no jogo todo. Passa uma vibração, uma energia positiva, que faz com que possa tirar um algo a mais e desempenhar bom futebol”, pontuou.

Muita chegada ao ataque

Apesar de ser apresentado como volante, Foguinho também se encaixa nas características de meia. A primeira função é a de marcação, mas o jogador busca chegar até a área adversária. “É uma característica minha, um volante que sempre procura estar dando suporte na frente. Claro que no primeiro instante é a marcação, mas no segundo, quando tem transição, procuro aparecer na frente. Felizmente, após o belo cruzamento do Marlon, consegui concluir no segundo pau”, comentou.

Logo no segundo jogo com o manto carvoeiro, o jogador conseguiu balançar a rede. Ele espera chegar mais vezes na área adversária e marcar mais vezes pelo Criciúma. “Significou muita coisa, a gente fica muito feliz pelo desempenho na partida, principalmente pela vitória que estávamos precisando tanto. Particularmente, feliz pelo gol era uma situação que eu estava buscando bastante: essa entrada na área. O Wilsão me pediu também, pra dar esse suporte aos atacantes e felizmente saiu o gol”, enfatizou Foguinho.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.