Criciumenses na disputa do Parapan

Os mesatenistas Conrado Contessi e Ramon Colombo e o técnico Alexandre Ghisi foram convocados para representar o país em Lima, no Peru

- PUBLICIDADE -

Após as medalhas conquistadas pelas caratecas de Içara, nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, o Sul do Estado estará representado nos Parapan-Americanos, que também serão disputados em Lima, no Peru.

Os mesatenistas criciumenses Conrado Contessi e Ramon Colombo e o técnico da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma/Sociedade Recreativa Mampituba, Alexandre Ghisi, integram a Seleção Brasileira, que disputará os jogos de 2019. A competição será realizada entre os dias 23 de agosto e 1º de setembro.

- PUBLICIDADE -

O primeiro a se integrar a delegação da seleção, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, foi Ramon Colombo, que disputou a Copa Brasil Sul-Sudeste, em Maringá (PR) neste fim de semana. Ainda ontem, Ghisi e Contessi também se uniram aos demais representantes do país.

O embarque para Lima está previsto para o próximo sábado, 17. “Será diferente pra mim, pois é a primeira vez que vão dois atletas do nosso clube.  Temos que agradecer a FME e o Mampituba, que nos proporcionaram possibilidades para isso. Serão dias intensos e uma competição difícil, onde o Brasil tem que se impor e conquistar medalhas”, destaca Ghisi.

Na torcida pelos criciumenses, o presidente da FME, Nícola Martins, manda uma mensagem de apoio aos atletas e técnico. “Vamos acompanhar as partidas e mandar energias positivas. Eles são um orgulho para nossa cidade, pois, além de levarem a bandeira do Brasil, representarão também o município”, reforça.

Medalhas na Copa Brasil em Maringá

Criciúma conquistou um ouro, uma prata e um bronze na Copa Brasil Sul-Sudeste, neste fim de semana, em Maringá. Leonardo Arnold Correa ficou com a terceira colocação na classe 06, enquanto Jean Padilha foi vice na classe 03, e Ramon Colombo sagrou-se campeão na classe 09.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.