Criciumenses disputarão o título do Catarinense de Rally Regularidade 2019

A quinta e última etapa do Campeonato Catarinense de Rally Regularidade será realizada no dia 02 de novembro, na cidade de São José (SC). Expectativa é que 60 duplas alinhem seus veículos no grid desta competição

- PUBLICIDADE -

São José

Depois de passar por São Bento do Sul, Joinville, Brusque e Nova Veneza, agora é a vez do Campeonato Catarinense de Rally Regularidade montar acampamento na cidade de São José, na Grande Florianópolis, que sediará – nada mais, nada menos – do que a etapa final da temporada 2019. O certame será no dia 02 de novembro.

- PUBLICIDADE -

A quinta e última etapa do Catarinense deverá atrair cerca de 60 duplas, que se dividirão nas categorias Máster, Graduado, Turismo, Turismo Light, Pais e Filhos, Universitário 4×2, UTV e Quadriciclos. Entre os inscritos estão pilotos e navegadores de Santa Catarina (representantes de mais de 40 cidades), Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.

O título do Catarinense de Rally de Regularidade ficará em Criciúma… Isso é fato! Só resta saber com quem! Isso porque os pilotos e irmãos Ricardo Luiz Santos e Luiz Eduardo dos Santos, ocupam os dois primeiros lugares do ranking da categoria Quadriciclos, com 126 e 122 pontos, respectivamente (apenas quatro pontos de diferença). Na terceira posição, está Gustavo Herdt Westrup, com 60 pontos. “A expectativa para a etapa de encerramento, em São José é grande e, se der tudo certo, comigo campeão. A disputa está entre mim e meu irmão caçula, Eduardo, e tudo o que eu preciso é chegar na frente dele, para sagrar-me campeão. Porém, não será fácil, pois ele evoluiu muito esse ano e está andando bem. Mas, independentemente do resultado, foi uma temporada positiva para nós”, comentou Ricardo. “Esse foi o primeiro ano da categoria Quadri no Catarinense, acredito que isso serviu de experiência tanto para a organização, quanto para os competidores. Espero que ano que vem, o grid da nossa categoria aumente”, completou.

Pela categoria Turismo Light, ainda de Criciúma, seguirão as duplas Reginaldo Francisco Cechinel/Claiton Cechinel e Roberto Junkes/Eduardo da Silva Junkes.

A etapa de São José terá aproximadamente 180 quilômetros e passará por estradas vicinais e por uma fazenda de reflorestamento de pinus. De acordo com o diretor de prova, Alexandre Rech, trata-se de uma região muito bonita e com várias trilhas, o que renderá uma disputa bem dinâmica e diversificada. “Teremos também dois circuitos de terra, onde poderemos testar pilotos e navegadores com alguns laços e pegadinhas, e médias justas de velocidade. Será emoção a flor da pele, em uma decisão de campeonato”, enfatizou Rech. O trajeto mesclará piso batido, piçarra, pedras e grama.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.