Criciúma perde mais uma e se complica ainda mais na Série B

O Tigre saiu derrota, na tarde deste sábado, pelo Sport na Ilha do Retiro pelo placar de 1 a 0

Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife
- PUBLICIDADE -

Lucas Colombo
Recife-PE

O Criciúma jogou bem, mas não conseguiu segurar o Sport saiu derrotado pelo placar de 1 a 0, na tarde deste sábado, na Ilha do Retiro, em Recife. Com um gol legal, anulado e uma expulsão polêmica, o Tricolor se afunda na parte debaixo da tabela. “É difícil, todo jogo é em casa, é fora todo lance crucial é contra a gente. Pelo amor de deus já está difícil para a gente. Todo jogo tem um lance crucial que não é dado e aí fica difícil”, disse Foguinho. “ Foi um roubo tremendo é difícil trabalhar assim”, completou Derlan.

- PUBLICIDADE -

 

Na primeira etapa o confronto ficou equilibrado, com o Sport tendo mais posse de bola e o Criciúma jogando no erro do adversário. Aos quatro minutos, Reis cobrou escanteio e Léo Gamalho cabeceou com perigo por cima do gol. Já aos 20 minutos, Andrew cruzou e Reis tentou o voleio, mas mandou para fora. Aos 32 minutos, foi a vez do Sport chegar com perigo. Elton soltou uma bomba de fora da área e a bola passou perto da meta do goleiro Gianezini. Aos 41 minutos, Jean Mangabeira saiu errado com a bola e Leandrinho aproveitou a oportunidade e chutou forte com perigo para fora. Aos 44 minutos, no último lance de perigo da primeira etapa, Guilherme cobrou escanteio e Charles apareceu para cabecear a bola que passou muito perto do gol, mas foi para fora.  

No segundo tempo o jogo continuou equilibrado com boas chances para ambos os lados. Aos 12 minutos, em cobrança de escanteio, a bola sobrou para Léo Artur que chutou para o gol, Hyuri conclui e marca, mas a assistente marcou impedimento. Aos 13 minutos Reis recebeu a bola na entrada da área fez fila, mas na hora da finalização chutou fraco para a fácil defesa de Luan Polli. Aos 15 minutos, Guilherme cobrou falta e mandou a bola na trave, quase o gol do Leão.  Aos 27 minutos, após cobrança de escanteio, Sandro cabeceou com perigo para fora. Já aos 35 minutos, após cobrança de escanteio, Derlan disputou a bola com Hyuri e o árbitro marca pênalti. Guilherme cobrou e abriu o placar para o Sport. Aos 43 minutos, o Criciúma teve um gol mau anulado. Após cobrança de falta a bola sobrou para Sandro que marcou, mas o árbitro marcou uma mão inexistente do zagueiro criciumense. Na sequência, Sandro disputa bola com o atacante do Sport e árbitro marcou falta e expulsou o zagueiro direto. Após o lance, o Sport manteve a posse até o apito final. Com o resultado o Tigre continua na penúltima colocação com 31 pontos e volta a campo na terça-feira em um confronto direto contra o Londrina, no Estádio Heriberto Hülse.

 

Campeonato Brasileiro – Série B – 34ª Rodada

09/11 – sábado – 16h30min – estadio da Ilha do Retiro, em Recife

SPORT

Luan Polli; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Willian Farias (Marquinho), Charles e Leandrinho (Léo Artur); Hyuri, Hernane Brocador (Elton) e Guilherme. Técnico: Guto Ferreira

CRICIÚMA

Paulo Gianezini;Derlan, Sandro, Thales (Eduardo); Bruno Oliveira, Foguinho, Wesley (Reinaldo), Jean Mangabeira (Vinícius) e Reis; Léo Gamalho e Andrew. Técnico: Roberto Cavalo

Arbitragem: Wagner Reway (PB); Auxiliares: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS)

Gols: Guilherme (35′ 2/T) (S)

 

Cartões Amarelos: Sander, Charles (S) Reis, Léo Gamalho (C)

 

Cartões Vermelhos: Sandro (C)

 

Público: 22.158

 

Renda: R$504.591,00

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Lucas Colombo
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.