Criciúma: Meia Maratona chega ao último lote

Quarta edição da prova, que acontece no dia 15 de setembro, ainda tem inscrições abertas pelo site da organizadora: 3lr.esp.br


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A 4ª edição da Meia Maratona Criciúma/Gilson Pinheiro Engenheiro Civil chega ao último lote de inscrições. A prova ocorrerá no dia 15 de setembro e está no sprint final, que promete surpreender os participantes com a qualidade e padrão de conforto que a organizadora 3LR Sports pode oferecer.

As inscrições ainda podem ser feitas pelo site 3lr.esp.br, na opção de escolher o kit essencial (medalha e camisa), kit básico (medalha, camisa e sacochila) e kit plus (sacochila, squeeze, camisa, medalha e copo coffee). “É uma prova organizada para a família e estamos ajeitando os últimos detalhes. São meses de preparação, mas com a certeza de que o dia 15 de setembro será inesquecível”, define a diretora e organizadora do evento da 3LR Sports, Kintsia Ribeiro.

A categoria escolhida pelo participante é definida na hora da inscrição: 5k, 10k ou 21k, além da tradicional caminhada e a corrida kids, que promete ser um atrativo a mais. “Tem para todos os tipos de pessoas e na forma que cada um desejar participar”, comenta um dos diretores da 3LR Sports, Rielf Ribeiro.

Os cinco primeiros colocados de cada distância na corrida masculino e feminino receberão uma premiação em dinheiro, troféu, entre outros. Além disso, sorteios de prêmios serão realizados para os participantes. “Vai ter muito prêmio”,  afirma um dos diretores da 3LR e medalhista olímpico, Edson Luciano.

Padrinho com renome

O padrinho deste ano é o esportista Robson Caetano, que foi medalha de bronze nos 200m nas Olimpíadas de Seul, em 1998 e bronze no 4×100 nas Olímpiadas de Atlanta, em 1996. “Será uma grande prova”, projeta Caetano.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.