Cavalo reforça que pode permanecer no clube

Ele disse que não teve tempo de conversar com o presidente Jaime Dal Farra, devido ao final da Série B, mas que, até no máximo quarta-feira, tudo deve se definir

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Barueri/SP

- PUBLICIDADE -

Após o jogo, o técnico Roberto Cavalo voltou a reforçar que pode permanecer no clube para a temporada 2020. Ele disse que não teve tempo de conversar com o presidente Jaime Dal Farra, devido ao final da Série B, mas que, até no máximo quarta-feira, tudo deve se definir. “Nós não tivemos tempo e oportunidade de conversar. Colocamos em nossa mente terminar primeiro o campeonato. Quando foi conversado a respeito de uma possível montagem de elenco: quem fica e quem sai, não teríamos como fazer nada, antes do final do campeonato. Agora, com certeza, nessa semana as coisas terão o futuro mais adequado”, comenta.

O presidente Jaime Dal Farra deve dar uma entrevista coletiva entre terça e quarta-feira. Possivelmente, até lá, já haverá uma definição se Cavalo fica ou sai. “O presidente teve fazendo exames e ausente, nesse momento. Ele foi cuidar da saúde e o Jaime sofreu mais do que todo mundo. Eu vejo no semblante dele. Ele é um torcedor do Criciúma, como nós”, reforça Cavalo.

Sobre o jogo, o treinador admitiu que o time não foi bem, no primeiro tempo, mas buscou o resultado na etapa final. No intervalo, houve uma cobrança mais forte do treinador. “O primeiro tempo foi abaixo, sem um futebol convincente. No intervalo corrigimos, às vezes a gente sai da linha, mas é pelo bem do clube. Tivemos a virada. A entrada do Luquinha deu mais velocidade, ajudou mais e conseguimos a vitória. O elenco mostrou que quando se quer, exige de si e faz o melhor, se consegue o objetivo”, enfatiza.

Para Cavalo, ficou a melhor impressão possível e o grupo se fortaleceu, no final do campeonato. “Nós precisávamos deixar a melhor impressão possível. Individualmente falando, fazer o melhor e, coletivamente, mostrar que o grupo estava se fortalecendo no final do campeonato. Isso aconteceu. Foi um jogo onde no primeiro tempo fomos abaixo, coloquei isso para eles, no intervalo, na mudança. Um time que quer jogar pela vitória precisava ser mais aguerrido, mais valente, mais disposto. O Oeste estava mais desfalcado e nós com a mesma formação, apenas sem o Wesley que vinha sendo titular”, finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.