Equipe de Criciúma representa estado em competição nacional de robótica

Estudantes do IFSC participam de Olimpíada Brasileira que está ocorrendo nesta semana, no Rio Grande do Sul, com o objetivo de ficar entre os dez primeiros colocados

Foto: Divulgação/IFSC Criciúma
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Expectativa, dedicação e troca de conhecimentos sobre o mundo científico e tecnológico marcarão esta semana para quatro estudantes do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) Criciúma. Os alunos do primeiro ano do curso técnico em Mecatrônica representam o estado na Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), competição estudantil que ocorre até sábado, 26, no Rio Grande do Sul. A participação da equipe denominada “Robotron” foi garantida pelos jovens após conquistarem o ouro na etapa catarinense da disputa, realizada em agosto.

- PUBLICIDADE -

Sob orientação do professor Douglas Lucas dos Reis, os estudantes se empenham em prol do projeto e buscam um bom resultado também em solo gaúcho. “A expectativa da nossa equipe é tentar ficar entre os dez primeiros e, principalmente, adquirir muita experiência e conhecimento na área da robótica”, destaca Kauã Librelato, um dos integrantes da “Robotron”.

De acordo com os participantes, a bagagem obtida na fase catarinense – que reuniu 344 alunos – contribuiu para que o grupo aperfeiçoasse o projeto, deixando-o mais competitivo. “Com a etapa estadual, a gente obteve uma grande experiência com o nosso próprio robô e com o robô das outras equipes, com o que deu certo e o que deu errado. Baseado nisso, a gente estruturou a nossa programação e foi evoluindo, editando, até que chegamos a uma programação consideravelmente boa, que eu acredito que a gente consiga nosso objetivo, que é de ficar entre os dez primeiros”, explana o aluno Kamylo Serafim.

Confira mais detalhes na edição desta quarta-feira, 23, do jornal Tribuna de Notícias. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.