Criciúma: professores ACTs realizam ato contra “quarentena”

Manifestação ocorre na tarde desta quarta-feira, 13, em frente ao Paço Municipal. Pedido da categoria é que Prefeitura lance concurso público

Foto: Siserp
- PUBLICIDADE -

Criciúma

O descontentamento com a “quarentena” que envolve os professores Admitidos em Caráter Temporário (ACTs), em Criciúma, faz a categoria se mobilizar para um ato na tarde desta quarta-feira, 13. A manifestação organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Criciúma e Região (Siserp) ocorre a partir das 13h30min, em frente ao Paço Municipal Marcos Rovaris.

- PUBLICIDADE -

A mobilização visa pressionar a Prefeitura para que sejam tomadas medidas em relação aos professores, já que um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado em 2016 impede a recontratação de ACTs até um ano após o fim do contrato. “Também estamos coletando assinaturas em um abaixo-assinado, para entregar esse documento à Promotoria, solicitando que se faça alguma coisa para que o prefeito realize concurso público. Porque se o edital de ACT foi colocado à quarentena por exigência de um TAC, é porque esse termo diz que o número de ACTs está muito alto e que essas vagas precisam ser colocadas em concurso”, enfatiza a presidente do Siserp, Jucélia Vargas.

Essas ações foram decididas em assembleia da categoria, realizada na noite da última segunda-feira. De acordo com Jucélia, o ato desta quarta-feira não prejudicará as aulas na rede pública.

 

Mais detalhes na edição desta quarta-feira, 13, do jornal Tribuna de Notícias. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.