Criciúma: ensino da Matemática leva à conquista internacional

Estudantes da rede municipal retornam de Taiwan com duas medalhas de prata e quatro de bronze, obtidas na Aimo

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Criciúma

O ensino da Matemática de uma forma mais atrativa tem proporcionado aos estudantes da rede pública municipal de Criciúma conquistas, até então, consideradas inimagináveis. O feito mais recente foi a participação de estudantes criciumenses na Asia International Mathematical Olympiad (Aimo) 2019 – a Olimpíada de Matemática da Ásia – onde a delegação obteve seis medalhas: duas de prata e quatro de bronze.

- PUBLICIDADE -

A competição ocorreu na última semana, em Taiwan. Essa foi a segunda vez que a rede de ensino de Criciúma participa da Aimo: a primeira, em 2018, rendeu dois bronzes e uma menção honrosa. “Eu percebi que, do ano passado para este ano, há uma diferença na mentalidade dos nossos alunos e dos nossos professores. Porque sabem que se eles se dedicarem, se fizerem algo a mais, podem estar representando a cidade e o Brasil em uma competição internacional. Parecia algo impossível e, agora, está se tornando realidade”, avalia a secretária de Educação de Criciúma, Roseli De Lucca Pizzolo, que acompanhou a delegacia criciumense no país asiático.

Os bons resultados levaram a rede municipal a ampliar o ensino da disciplina, com projeto no contraturno escolar. “Depois da competição do ano passado, nós criamos, em 22 escolas, o Clube de Matemática. Os alunos estão muito envolvidos em, realmente, estarem estudando e fazendo algo a mais. E eu percebo que isso está mexendo muito com a rede. Então essa oportunidade foi um marco”, conta a secretária.

Confira a reportagem completa na edição desta terça-feira, 13, do jornal Tribuna de Notícias. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.