Gasolina comum cai para R$ 3,61 em Criciúma

Foto: Lucas Colombo/Arquivo/TN
- PUBLICIDADE -

Marciano Bortolin

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O preço da gasolina segue caindo em Criciúma. Em novo ranking divulgado ontem, o Procon registrou o menor preço da gasolina comum e da aditivada na casa dos R$ 3,61. O valor foi registrado em apenas um dos postos pesquisados. Já o maior preço da comum chega a R$ 3,89, uma variação de 7%. A aditivada mais cara é comercializada a R$ 4,29, somando variação de 16%. Os valores são os mais baixos registrados neste ano, nas pesquisas do órgão.

O coordenador do Procon, Gustavo Colle, diz que os estabelecimentos estão respeitando a política de queda de preços dos combustíveis, estimulados pela Petrobras nos últimos meses. “Mesmo assim o consumidor deve ficar atento e fazer a pesquisa de preços. Existe uma diferença de variação de 7% entre o combustível mais barato para o mais caro. Se enchermos o tanque no posto de combustível mais barato, 50 litros de gasolina comum, terá uma economia de R$ 140 comparada com o posto mais caro”, fala.

De todos os estabelecimentos visitados, 31 não alteraram o preço cobrado pela gasolina na última semana. O mesmo acontece em 29 postos no caso da gasolina aditivada.

O coordenador diz ainda que a tendência agora é que o valor fique estabilizado nesta faixa de preço. “Esta diferença muitas vezes no final do mês pode ser bem considerável, de acordo com a frequência que o motorista abastece”, completa.

O diesel S-10 e o etanol também tiveram diminuição na relação com a pesquisa do último dia 25 de julho. Na semana passada, o diesel era comercializado a R$ 3,19, e agora chega a R$ 3,16, sendo que o mais caro custa R$ 3,69. Já o etanol teve queda maior (R$ 0,05), saindo de R$ 3,29 para R$ 3,24.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.