A contribuição do ramo plástico para a economia regional

Foto: Lucas Colombo/TN
- PUBLICIDADE -

Marciano Bortolin

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Com quase 200 empresas que oportunizam a geração de mais de seis mil empregos, o setor plástico é hoje um dos maiores contribuintes da economia da Região Sul do estado de Santa Catarina. Os produtos fabricados são vários e vão de embalagens, a laminados planos, tubulares para diversas finalidades, entre outras. Os dados são do Observatório da Indústria, mantido pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc). Com relação ao porte das empresas, 116 são consideradas micro, enquanto 30 são pequenas, 15 médias e uma grande.
Os números do Observatório mostram ainda que Orleans é a cidade que mais emprega no setor: 1,8 mil trabalhadores. Logo após aparece Içara, com 1,2 mil empregos gerados. Maior cidade do Sul, Criciúma emprega pouco mais de mil, seguido de Urussanga, com 911. Morro da Fumaça fecha o grupo das cinco cidades com a maior geração de empregos: 546.

A edição do Tribuna de Notícias desta quarta-feira, dia 13, traz um material especial ressaltando a relevância do setor para a economia do Sul de Santa Catarina.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.