Siderópolis: com quase sete anos do governo, Alemão comemora conquistas

Prefeito de Siderópolis foi um dos três da Amrec que se reelegeram na última eleição municipal

Foto: Marciando Bortolin/TN
- PUBLICIDADE -

Thiago Oliveira

Siderópolis

- PUBLICIDADE -

Hélio Cesa, o Alemão (MDB), foi um dos poucos prefeitos que deram continuidade nos trabalhos, após um primeiro mandato. Em 2016, ele se reelegeu em Siderópolis com 70,57% dos votos. Hoje, com quase sete anos à frente do governo, ele comemora as conquistas realizadas no município.

Entre diversas vias que ganham pavimentação, uma recebe uma atenção especial: o caminho até a barragem do Rio São Bento. Autorizados em julho, junto a um convênio com o Governo do Estado, os trabalhos de conclusão do asfaltamento estão mais perto do fim. “É a realização de um sonho, um momento de glória e, acima de tudo, de muita alegria”, afirma o prefeito.

A última etapa de pavimentação do acesso, corresponde a 3,2 quilômetros da rodovia municipal SID 159, que leva à barragem, em um custo de R$ 4,1 milhões, além de 1,1 quilômetro da rua Paulino Cizeski (trecho SID 159 ao Mirante da Barragem), com investimento de R$ 1,2 milhão.

Além de corresponder a um sonho antigo das comunidades de Rio Jordão e de São Pedro, a pavimentação fortalece a vocação turística do local. Incluído no Mapa do Turismo Brasileiro, o município prepara ações para fomentar o setor. “Em novembro vamos ter a segunda edição do Festival da Montanha, para explorar o turismo e o esporte de aventura. Explorar o grande potencial que a gente tem ao redor da barragem”, explica Alemão.

Menina dos olhos

Duas iniciativas, quando mencionadas, arrancam sorrisos de Alemão e do vice-prefeito Xande Feltrin. Uma delas, da própria administração municipal. A outra, é uma promessa de grandes números à economia sideropolitana.

A primeira delas, é Projeto Social de Siderópolis, que visa oportunizar a cidadania a partir do esporte e cultura. “O projeto é a menina dos olhos da gente desde o primeiro mandato. São 650 crianças no futebol, futsal, vôlei, karatê, jiu jitsu, música, fanfarra, coral… Além da terceira idade, com vôlei, dança e música”, conta Alemão.

Um dos participantes tem se destacado com a camisa do Criciúma Esporte Clube. O atacante Reinaldo, de 18 anos, tem participado com frequência da equipe profissional, além de somar convocações para a seleção brasileira de base, e um passar por um período de testes no PSV, da Holanda. “Nós estamos saindo apenas da parte social, e indo também para o rendimento, como neste caso do Reinaldo. Mas o nosso foco mesmo é o social”, completa Xande.

O outro projeto é a subestação da Transmissão Aliança – empresa constituída pela EDP Brasil e Celesc. Com as obras em andamento, os números chamam a atenção. “Essa subestação está entre as 10 maiores do Brasil. 1,3 mil funcionários, 650 apenas de Siderópolis. Um investimento de R$ 1,3 bilhão”, comemora o prefeito.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.