Revisão do eleitorado acaba hoje em Sombrio e Meleiro

Quem não realizar o procedimento, corre o risco de ter o título cancelado

Foto: Lucas Colombo/Arquivo/DN
- PUBLICIDADE -

Thiago Oliveira
Sombrio/Meleiro

Mais dois municípios encerram o período de revisão eleitoral. Os eleitores de Sombrio e Meleiro têm até essa sexta-feira para realizar a atualização dos dados, caso contrário, podem ter os títulos cancelados.

- PUBLICIDADE -

O objetivo da revisão do eleitorado é atualizar o cadastro de votantes de cada município, fazendo com que o eleitor que não tenha mais vínculo promova a transferência para a cidade onde efetivamente reside, evitando o cancelamento do documento e as sanções decorrentes disso.

Sombrio conta 22.010 eleitores cadastrados, mas até a quarta-feira, na última atualização do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC), pouco mais de 14 mil haviam realiado o procedimento, faltando ainda 36,5%. Já em Meleiro, dos 6.002 votantes, cerca de 4,5 mil já fizeram a revisão.

O procedimento consiste de uma atualização do cadastro eleitoral. Os eleitores devem comparecer munidos de documento de identidade e comprovante de residência emitido nos últimos três meses. Na ocasião também é realizado o cadastro biométrico.

Sujeito a punição

A punição a quem não realizar o procedimento é o cancelamento do título de eleitor, porém, isso não deverá acontecer neste momento. Segundo Douglas Salém, chefe de cartório da 42ª Zona Eleitoral de Turvo, que é responsável por Meleiro, ainda é possível regularizar a situação.

“A sexta-feira é a data fatal. Depois vão ser gerados os relatórios no TRE, apontando uma listagem dos eleitores que compareceram e uma dos que não compareceram, que estão sujeitos ao cancelamento. Mas esse cancelamento só vai ocorrer efetivamente quando houver a homologação do procedimento de revisão do eleitorado pelo TRE. Não há um data fixada ainda para isso. Todos os eleitores ainda vai ter a chance de regularizar de 2 de dezembro a 6 de maio, que é quando fecha o cadastro. Mas corre o risco de nesse meio tempo ter o título cancelado e ter algum tipo de transtorno”, explica.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.