Morro da Fumaça: primeira área industrial terá cerca de 20 lotes

Atualmente, Governo Municipal trabalha na elaboração do projeto de estruturação do local

- PUBLICIDADE -

O Governo Municipal de Morro da Fumaça trabalha atualmente na elaboração do projeto da primeira área industrial da cidade. O terreno, localizado no distrito de Estação Cocal, possui 60 mil metros quadrados e disponibilizará 20 lotes. A expectativa é que dentro de no máximo 12 meses, o terreno já esteja registrado no Cartório de Imóveis, revela o engenheiro da empresa GA Top Engenharia, Dante Dajori Magagnin. Especialista em loteamentos, ele é quem presta toda a assessoria necessária para a equipe técnica da Prefeitura. “Quem irá executar o projeto é este corpo técnico. Precisamos seguir alguns passos até a conclusão, e o primeiro deles é o levantamento topográfico”, comenta.

Na sequência, explica Magagnin, é preciso fazer o projeto urbanístico, o licenciamento ambiental, projetos elétricos, de drenagem e de esgoto, entre outros.

- PUBLICIDADE -

Localização estratégica

O prefeito Noi Coral salienta que o imóvel fica em uma localização estratégica, às margens da Rodovia Genésio Mazon, e que isso facilitará o escoamento da produção das empresas instaladas. “A área industrial será em um imóvel adquirido na gestão do ex-prefeito Baltazar Pellgrin. Até o momento, fizemos diversos investimentos em saúde, educação, pavimentações, entre outros, porém estamos focando também na instalação desta primeira área industrial”, enfatiza.

A instalação da área voltada às empresas visa melhorar o índice de geração de empregos, que no primeiro semestre já foi positivo. Nos seis primeiros meses de 2019, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o município gerou 79 novas vagas de emprego, enquanto que no mesmo período do ano passado foram 49, um aumento de 30 novos empregos. “Visamos melhorar ainda mais estes números, algo que acontecerá com o funcionamento da área industrial. Teremos diversas empresas funcionando em Morro da Fumaça, impulsionando a economia”, fala o vice-prefeito, Eduardo Sartor Guollo.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.