Morro da Fumaça: iniciativa do Samae facilita identificação e conserto de vazamentos

O presidente do Samae, Rogerio Sorato, explica que os macromeditores facilitam a identificação de vazamentos e ajudam a cuidar do quantitativo de perdas.

- PUBLICIDADE -

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), de Morro da Fumaça segue investindo na modernização do sistema. Desta vez com a aquisição de 10 macromedidores que já estão sendo instalados na cidade. O investimento entre compra e instalação destes equipamentos ultrapassa os R$ 150 mil. O presidente do Samae, Rogerio Sorato, explica que os macromeditores facilitam a identificação de vazamentos e ajudam a cuidar do quantitativo de perdas. “Nos auxiliará na medição, porque cada macromedidor é um sensor que acusa se tem algum vazamento em determinada região. Assim, isolamos a área apontada, fizemos a busca e consertamos”, salienta.

Sorato lembra ainda que Morro da Fumaça é uma das poucas cidades de Santa Catarina a ter 100% do território setorizado, lembrando ainda que todos os investimentos são feitos com recursos próprios. “São valores pagos pelos consumidores que retornam em investimento no sistema”, ressalta.

- PUBLICIDADE -

Até agora, foram instalados dois equipamentos, restando oito que serão colocados nos próximos dias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.