Identificado motorista que atropelou e matou pedestre

Lucas Albuquerque, de 29 anos, foi atingido na madrugada do último domingo, na Rodovia Paulino Búrigo, SC-445, na cidade de Içara

Foto: Imagem ilustrativa
- PUBLICIDADE -

Lucas Renan Domingos

Içara

- PUBLICIDADE -

A Polícia Civil de Içara já tem o depoimento do condutor do veículo que atropelou e matou Lucas Albuquerque, de 29 anos, na madrugada do último domingo, na Rodovia Paulino Búrigo, SC-445, no Bairro Vila Nova. O motorista, de 54 anos, se apresentou ontem na delegacia de Içara, onde deu sua versão dos fatos ao delegado Marcelo Viana.

Conforme informações do delegado, o carro é mesmo um Fiat Uno, conforme havia sido relatado por testemunhas que viram o acidente. “O motorista alegou que estava indo para casa e que atingiu um objeto, mas não sabia do que se tratava, pois o local era muito escuro. Só depois ficou sabendo que era uma pessoa. Também afirmou que não havia ingerido bebida alcoólica”, explicou Viana.

A autoridade policial conta que o carro ainda passará por perícias. “Também vamos aguardar o laudo cadavérico para ter mais detalhes da ocorrência e fechar o inquérito policial nos próximos 30 dias”, disse o delegado

Relembre o acidente

A fatalidade foi registrada por volta da 1h30min do último domingo. O atropelamento aconteceu quando a vítima, que era moradora do Estado do Paraná e trabalhava na região de Içara, foi atingida.

Uma pessoa que presenciou o fato disse a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), que atendeu a ocorrência, que o carro era o Fiat Uno, que havia se evadido do local, o que foi confirmado após as investigações. As equipes de socorro chegaram ir até o local, mas a vítima já não apresentava sinais vitais e estava sem identificação, sendo reconhecido somente no Instituto Médico Legal (IML).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.