Em Itajaí, Polícia Civil fecha fábrica clandestina de carros de luxo

Os carros, falsificações das marcas Ferrari e Lamborghini, eram montados por encomenda e tinham venda divulgada por meio de redes sociais

Divulgação/Polícia Civil
- PUBLICIDADE -

Redação

Itajaí

- PUBLICIDADE -

O SIC (Setor de Investigações Criminais) da 1ª Delegacia de Comarca de Itajaí apreendeu nesta segunda-feira, 15, diversos chassis, moldes, ferramentas e fibras utilizados na fabricação clandestina de veículos de luxo no bairro Itaipava. Os carros, falsificações das marcas Ferrari e Lamborghini, eram montados por encomenda e tinham venda divulgada por meio de redes sociais.

Na ação desta segunda, foram apreendidas oito réplicas semimontadas de veículos das duas marcas italianas. Cada réplica era vendida por valores entre R$180 mil e 250 mil. Os modelos originais são vendidos no mercado por valores entre R$1,5 milhão e R$ 3 milhões.

As investigações, coordenadas pelo Delegado Angelo Fragelli, começaram a ser realizadas depois que representantes das próprias marcas entraram em contato com a Polícia Civil de Santa Catarina. Os envolvidos na fábrica clandestina são considerados pela polícia como os principais falsificadores das marcas no Brasil, e comercializavam veículos para todo o país. Os donos do local, pai e filho, serão indiciados por crimes contra a propriedade industrial.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.