Criciúma: Um ano da Casa do Empreendedor

Aumento na geração de emprego, aumento na emissão de alvarás e a diminuição dos alvarás baixados são os dados positivos do órgão municipal em um ano

- PUBLICIDADE -

Um elo entre os órgãos públicos e os novos empreendedores, este é o papel da Casa do Empreendedor de Criciúma. Há um ano instalado no Paço Municipal Marcos Rovaris, o local já aumentou em 22% a emissão de alvarás e teve uma queda dos alvarás baixados de 56%. A Casa do Empreendedor representa para o município o incentivo ao empreendedorismo e a geração de empregos. Em comemoração ao crescimento e para apresentar os dados positivos, o órgão estará com ações diferenciadas nesta terça-feira (26), durante todo o dia.

Criciúma está caminhando para se tornar um centro tecnológico no Sul de Santa Catarina. O órgão municipal também está junto nesta caminhada para oportunizar aos empreendedores as informações e o apoio para a implantação de novos empreendimentos. O resultado disso está no crescimento da abertura de novas empresas. De janeiro a outubro, o setor já contribuiu para emissão de mais de 2 mil alvarás. “Outro ponto positivo é a diminuição dos alvarás baixados, até outubro deste ano foram 154, e no mesmo período do ano passado, foram 241. Isso resulta numa queda de 56% no fechamento de empresas”, ressalta o coordenador da Casa do Empreendedor, Agenor Brunel.

- PUBLICIDADE -

O local integra todos os setores necessários para abrir um negócio: Corpo de Bombeiros, Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), Vigilância Sanitária, Fiscalização de Posturas e a liberação do Alvará de Funcionamento. Os órgãos municipais estão centralizados em um único setor, o processo da abertura de uma empresa, que antes demorava entre 90 e 60 dias, hoje, pode ser realizado em 3 dias.

Outra ferramenta desenvolvida para acelerar os trâmites burocráticos foi o lançamento do site, que tem todas as informações do passo a passo de como abrir uma empresa. “Não é mais necessário vir até a Prefeitura de Criciúma, do sofá da sua casa você consegue abrir sua empresa e imprimir alvará de funcionamento”, completa.

Geração de empregos

Com o aumento na liberação de alvarás de funcionamento e da queda do fechamento de estabelecimentos, resultaram positivamente no crescimento da geração de emprego em Criciúma. Conforme dados do Cadastro Geral de Empregos e Desempregos (Caged), de janeiro até outubro de 2019, já foram 2.535 empregos gerados. “Todos esses números mostram que a Casa do Empreendedor tem um impacto positivo no empreendedorismo e no aumento das vagas de trabalho na nossa cidade. O órgão municipal veio para desburocratizar os trâmites e permitir, com mais facilidade, que os criciumenses tenham a oportunidade de abrir seus negócios, e com isso aumentar a geração de emprego”, enfatiza o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

Áreas Industriais

Outro trabalho desenvolvido pela Casa do Empreendedor é a criação de novas áreas industriais. Já foram criados cinco espaços para atrair novos investidores para o município. E tem mais uma a caminho, no bairro Verdinho, terá um espaço para instalar, em média, 20 empresas. A previsão de inauguração é para o primeiro trimestre do ano que vem.

Conexão Criciúma Empreendedora

Em parceria com a Diretoria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, a Casa do Empreendedor visita universidades e instituições para apresentar os serviços oferecidos pelos dois órgãos, além de incentivar os jovens a abrir seu próprio estabelecimento.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.