Criciúma: MP entra com pedido cautelar de afastamento contra o prefeito

O presidente do CriciúmaPrev também é alvo da investigação.

- PUBLICIDADE -

O Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC) entrou com pedido cautelar de afastamento em Ação Civíl Pública contra o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro por improbidade administrativa. O documento foi assinado pela promotora de Justiça, Caroline Cristine Eller.

O presidente do CriciúmaPrev também é alvo de investigação. “O MP requer liminar em provimento jurisdicional cautelar, para determinar o afastamento do requerido Darci Antônio Filho do cargo público por ele ocupado”, declara o pedido do MP.

- PUBLICIDADE -

“As denuncias realizadas pelos conselhos no ano passado e início desse ano surtiu efeito. As denúncias foram feiras a vários órgãos de fiscalização, como Ministério Público e Secretaria Nacional da Previdência”, conta a então presidente do Conselho de Administração do CriciúmaPrev (2018), Patrícia Bonfante. O projeto de lei que autorizou o parcelamento da dívida previdenciária, o decreto que reduziu a alíquota suplementar de 2019 e a falta de repasse das contribuições patronais entre os anos de 2017 e 2018 servem de base para a ação civil pública.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.