Criciúma: italianos do intercâmbio com a Satc conhecem região

Além de pontos turísticos, estudantes e professores estão realizando visita a empresas

- PUBLICIDADE -

Descobrir as semelhanças e diferenças entre a Itália e o sul de Santa Catarina. Isso faz parte do programa de intercâmbio que a Satc realiza com o Liceu Artístico Bruno Munari, da cidade de Vittorio Vêneto, e o ITIS Galileu Galilei, de Conegliano. Desde a semana passada, um grupo de italianos, composto por dois professores e 14 estudantes, está na região aprendendo mais sobre as cidades e indústrias.

No roteiro, a visita a pontos turísticos tradicionais, como a Serra do Rio do Rastro e Morro dos Conventos, bem como a passagem por empresas de segmentos diferenciados. “O objetivo é mostrar como os imigrantes contribuíram para o desenvolvimento de nossa região, fazendo com que eles aprendam um pouco mais sobre nossa história”, ressalta o coordenador do intercâmbio na Satc, Roberto Bortolotto.

- PUBLICIDADE -

Nesta semana, uma agenda cheia de atividades foi preparada para o grupo. Nesta segunda-feira (9) o roteiro está sendo realizado na cidade de Turvo. Na terça, os intercambistas, que são da região de Treviso, norte da Itália, visitam a cidade que leva o mesmo nome. Em Treviso eles vão conhecer os principais pontos turísticos. Nos próximos dias estão previstas visitas às empresas Eliane, Damyller, Fundição Nobre e Laticínios Veneza, JBS, Ecofitus e Saint Bier. Eles ficam na região até dia 19 de setembro.

Os italianos estão hospedados nas casas dos estudantes e professores da Satc. Em dezembro será a vez deles acolherem os brasileiros na Itália. “Essa acolhida será tão amistosa como a que estamos recebendo aqui”, afirma o professor italiano Carmine Calvanese. Essa já é a 8ª edição do intercâmbio. A Satc é a única escola que estimula e fortalece o intercâmbio com a Itália, principalmente com a cidade de Vitorio Vêneto, com quem Criciúma tem seu gemelaggio.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.