Criciúma: Feira do Livro consolidada no município

Livreiros preparam os estandes para a abertura do evento, que ocorre na manhã de hoje

Foto: Lucas Colombo/TN
- PUBLICIDADE -

Suelen Bongiolo

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Já prevista no calendário oficial do Município, a Feira do Livro é considerada uma das principais formas de incentivo à literatura e à leitura em Criciúma. A décima quarta edição inicia hoje, com aproximadamente 80 mil exemplares disponíveis ao público, reunindo em torno de 30 mil títulos diferentes. Ao todo, serão sete estandes para visitação: Livros & Cia, Livraria Oceano, Master’s Duel, Unilivros, IL Distribuidora de Livros, Ilha Mágica e Kambuca Livros.

Apesar de seguir os mesmos moldes das edições anteriores, o evento terá alguns diferenciais, como a presença do projeto “Galeria vai à praça”, com exposições. “Neste ano, iniciamos com um edital de chamamento público de credenciamento de livreiros a nível nacional, visto que a nossa Feira do Livro é a segunda maior do estado. No ano passado, 80 mil pessoas passaram pela feira, o que nos deixa com uma expectativa muito boa para esta edição”, aponta a diretora administrativa da Fundação Cultural de Criciúma (FCC), Jamile Souza.

Os últimos dias foram de preparativos nos estandes montados na Praça Nereu Ramos, bem na área central da cidade. O livreiro Maurício Geraldo, que já participa há anos da feira, também acredita que esta edição deve se igualar a de 2018. “Apesar do mercado de livros passar por uma crise, basta ver o que está acontecendo com grandes livrarias, a gente aposta na diversidade para chamar a atenção de quem vem visitar”, analisa o livreiro, que disponibilizará ao público os lançamentos do mercado e também obras em promoção.

Atrações e atividades paralelas

Além dos estandes voltados à comercialização de livros, o evento contará ainda com atividades paralelas. Entre as atrações está um show de mágica, contação de histórias e apresentações culturais, em parceria com universidades, escolas, ACLe e ALB. “O intuito de nós fazermos essa feira nessa época, e principalmente nesta semana, é incentivar a leitura e, consequentemente, a escrita, para formação de novos leitores”, enfatiza Jamile.

Horário de funcionamento da Feira do Livro:
De segunda a sexta-feira: das 8h às 20h
Aos sábados: das 8h às 17h – inclusive no Dia das Crianças
Aos domingos: das 13h às 18h

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.