Criciúma: Família procura por irmão desaparecido

Luciano Fernandes foi visto pela última vez no dia 16 de outubro e desde esta data família não tem mais pistas do seu paradeiro

- PUBLICIDADE -

A família de Luciano Fernandes, morador do bairro Wosocris, no Distrito do Rio Maina, tem feito uma verdadeira romaria atrás de pista para ver se descobre o seu paradeiro. Luciano está sumido desde o dia 16 de outubro, Ele tem problemas com alcoolismo e era frequentemente atendido pelo SAMU ao ser encontrado caído pelas ruas.

Segundo a irmã de Luciano, Rosangela Fernandes Joaquim, durante este período de um mês, a família tem recebido algumas pistas, mas nenhuma sem fundamento. Ainda neste fim de semana, Rosangela recebeu uma ligação informando que Luciano foi visto em Nova Veneza. No sábado, com mais alguns familiares, ela foi até Nova Veneza, mas não encontrou nenhuma pista que levasse ao paradeiro do irmão.

- PUBLICIDADE -

Rosangela relata que Luciano estava passando por problemas de alcoolismo e por diversas vezes foi encontrado caído nas estradas, precisando em algumas ocasiões do atendimento do SAMU, que o encaminhava ao hospital ou então para a Unidade de Saúde 24 Horas da Boa Vista. “Sempre recebíamos as ligações pedindo para busca-lo”, pontua a irmã.

Ela relata que a família já tinha internado Luciano por diversas vezes, mas que nos últimos meses não conseguiram mais o aval do irmão, chegando a fazer uma tentativa de internação compulsória. Segundo Rosangela, no dia em que não foi mais visto, recebeu informação de que Luciano estava caído no trevo próximo ao bairro Boa Vista e que o SAMU chegou a fazer o atendimento. “Meu irmão foi até o local e não tinha ninguém”, fala.

O caso de Luciano foi uma das pautas discutidas na reunião realizada pelo Conselho de Segurança do Rio Maina, na semana que passou. As lideranças do Rio Maina cobraram das autoridades mais atenção com pessoas que vivem na rua, ou então apresentam algum problema grave como alcoolismo, dependência química e doenças mentais.

O desaparecimento do Luciano foi comunicado a Polícia através de um boletim de ocorrência registrado pela família. “Temos procurado informações com frequência, mas nem a polícia conseguiu encontrar pistas”, disse. Rosangela complementa que mesmo com todos os problemas que tinha, a família tem muita esperança de encontrar o irmão.

Qualquer informação pode ser comunicada pelo telefone 9 9688-8246 com Rosangela.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.