Criciúma: Comércio estima crescimento de 4% nas vendas do Dia dos Pais

Pesquisa da FCDL/SC aponta ainda que valor médio a ser gasto por pessoa é de R$ 142,57

- PUBLICIDADE -

Marciano Bortolin – Criciúma

O comércio de Criciúma vive a expectativa de mais uma data para impulsionar as vendas. Desta vez o Dia dos Pais, comemorado no domingo, dia 11 de agosto, deve promover elevação de 4% na comercialização, na comparação com o ano passado. A estimativa é da presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade, Andréa Salvalaggio, e confirmada pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de SC (FCDL/SC). O tíquete médio, ou seja, valor que os criciumenses devem gastar com presentes é de R$ 142,57.
Andréa enfatiza que um dos motivos que deve contribuir com a elevação das compras é a chegada do frio. “Já temos alguns comerciantes realizando promoções. Outro fator, é que a pessoa vai até o comércio para comprar o presente para o pai, e já olha outras vitrines e adquire outros produtos”, diz.

- PUBLICIDADE -

O otimismo foi sinalizado por 89,31% dos lojistas, quando questionados pela FCDL/SC sobre a expectativa para a data neste ano comparado com o mesmo período do ano anterior. Entre os presentes que devem ser mais procurados, ainda conforme os empresários, a liderança permanece com itens tradicionais, como vestuário (23,9%), acessórios (20,13%) e calçados (18,87%).

Horário especial

Para atender os consumidores, os lojistas de Criciúma farão horário especial. Além do Sábado Mais, realizado no próximo sábado, dia 10, quando as lojas abrem as portas até às 17h, haverá horário especial também na sexta-feira, dia 9, até as 20h.

Entre as estratégias para impulsionar as vendas, os lojistas consultados apontam a realização de promoções, campanhas, eventos e descontos. Essas ações foram citadas por 71,07% dos empresários. “O possível aumento se deve, em grande, ao ciclo de corte de juros, iniciado pelo Banco Central e à iminente liberação do FGTS, avalia o presidente da FCDL/SC, Ivan Tauffer.

Os dados fazem parte do levantamento realizado pela FCDL/SC junto a empresas associadas com atuação no varejo nas 20 cidades catarinenses de maior índice de potencial de consumo, entre os dias 23 e 30 de julho.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.