Alunos demonstram confiança e otimismo no Prêmio Acic de Matemática

Prova foi realizada nesta quinta-feira, 15, em várias cidades da região

- PUBLICIDADE -

A quinta-feira, 15, foi de concentração e expectativas para mais de 17,5 mil estudantes que realizaram a primeira prova da 6º edição do Prêmio Acic de Matemática. A avaliação foi aplicada para alunos de escolas públicas e particulares do quinto, sexto, sétimo, oitavo e nono ano de oito cidades, Balneário Rincão, Siderópolis, Maracajá, Criciúma, Nova Veneza, Içara, Cocal do Sul e Forquilhinha.

O aluno Kauan Ferreira, de 14 anos, do nono ano da Escola Municipal Ângelo Zanellato, de Içara, ouro nas duas últimas edições do prêmio, vem se preparando há meses para o concurso. “Dedico várias horas de estudo para a matemática porque é uma das minhas disciplinas favoritas. Geralmente fico nervoso, mas depois que vou fazendo a prova vou me acalmando. Comecei a me preparar para a prova com cinco meses de antecedência”, conta.

- PUBLICIDADE -

Samuel Vieira de Oliveira, de 11 anos, da Escola Estadual Professor Lapagesse, também destaca a matemática como sua disciplina favorita e aposta na classificação para a segunda etapa do concurso. “Estava preparado, estudei muito. Estou com expectativas muito boas tanto em me classificar para a segunda etapa quanto para ser campeão”, destaca o estudante.

É o primeiro ano que a escola participa do concurso e cerca de 300 alunos realizaram a prova. “Todo o processo que envolve alguma premiação é uma motivação para os estudantes e a matemática é um estímulo ao intelecto e ao raciocínio lógico”, ressalta o diretor da Escola Estadual Professor Lapagesse, Daniel Bernardo da Silva.

Preparação para o desafio

A estudante Manoela de Freitas Siqueira participa pela primeira vez e conta que ficou um pouco nervosa ao fazer a prova. “Matemática não está entre as minhas disciplinas preferidas. Gosto mais de educação física e história, mas acredito que a prova fará com que o meu interesse pela matéria aumente. Nossa professora deu a prova dos outros anos para que resolvêssemos as questões e nos preparássemos para o exame,” conta a aluna do nono ano do Colégio Cristo Rei.

A professora do Colégio São Bento, Zanandrea Colombo, reforça que o conteúdo e a preparação para o concurso já estão ocorrendo há alguns meses. “Estamos trabalhando muito com os alunos, também procurando deixá-los muito tranquilos e seguros”, observa.

Importância da premiação

A coordenadora pedagógica da Escola Ângelo Zanellato, Camila Inácio da Silva ressalta a importância da iniciativa da Acic e do engajamento dos professores. “Vejo nossos professores bem focados em todos concursos da área da matemática. É importante a participação dos alunos nesses concursos com premiações porque é um estímulo aos estudos. Percebemos a empolgação, especialmente, dos mais velhos que já fizeram a prova em outros anos”, coloca.

Avaliação positiva

A coordenadora de projetos de Educação da Acic, Rose Reynaud, avaliou o dia de prova como positivo. “Percorremos algumas das mais de 100 escolas participantes do projeto e tudo ocorreu como o planejado. Queremos agradecer muito aos municípios participantes e ao engajamento das escolas, seus diretores e professores”, coloca.

A prova do Prêmio Acic de Matemática contou com 20 questões que envolveram raciocínio lógico e criatividade.

Segunda etapa concurso

A segunda prova do prêmio será aplicada no dia 20 de setembro na sede da Acic e a divulgação dos ganhadores será no dia 16 de outubro no site da associação, www.acicri.com.br.

O Prêmio Acic de Matemática é uma das ações da associação em prol da educação, promovendo a valorização da matemática na vida cotidiana da sociedade.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.