Polícia desarticula facção criminosa no sul do estado

Operação Bravo Zulu cumpriu 16 mandados de prisão e envolveu 90 policiais federais, civis e militares

Foto: Lucas Colombo/Arquivo/TN

- PUBLICIDADE -

Tubarão

 

- PUBLICIDADE -

A Operação Bravo Zulu, deflagrada nesta sexta-feira, 16, pela Polícia Civil no Sul do Estado cumpriu 15 dos 16 mandados prisão expedidos pela Justiça. Outras três pessoas foram presas em flagrante por posse de armas. Uma pessoa está foragida. Também foram cumpridos outros 18 mandados de busca e apreensão e localizados R$ 18 mil em dinheiro. A Operação Bravo Zulu contou com 40 policiais federais, 30 policiais civis e 20 policiais militares a fim de reprimir o tráfico de drogas realizado por organização criminosa que atuava nas cidades de Imbituba, Garopaba, Tubarão e Palhoça.

De acordo com o delegado da Delegacia Regional de Laguna, Raphael Giordani, o sucesso da operação deve-se ao empenho das equipes e a integração das forças policiais. “O papel de cada uma das corporações foi potencializado. Gostaria de destacar a atuação da Polícia Civil e da Polícia Federal que capitanearam a investigação por meio dos inquéritos policiais e o apoio fundamental da Polícia Militar que nos subsidiou com informações da organização criminosa e a parceria com o Poder Judiciário”.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Redação DN Sul
Em: Tubarão

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.