Criciúma: Prefeitura emitirá alvará do Case

De acordo com o prefeito, Clésio Salvaro, haverá recurso sobre a decisão da Justiça

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Mesmo sem concordar com a decisão da justiça, a Prefeitura de Criciúma emitirá o alvará para a abertura do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Sul. “A procuradoria foi notificada hoje (segunda-feira) e iremos emitir o documento, conforme a decisão da Justiça e nós respeitamos”, comentou o prefeito Clésio Salvaro. Entretanto, o líder do Executivo criciumense disse que a prefeitura vai recorrer. “Não concordamos com essa decisão e vamos, sim, recorrer dela”, completou.

Com o recurso, há a possibilidade do Case Sul funcionar de forma temporária e depois ser fechado novamente. Na sexta-feira passada, 16, o desembargador do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC), Paulo Henrique Moritz Martins da Silva, por meio de uma liminar assinada no dia 13 de novembro, autorizou o funcionamento da instituição.

Salvaro ainda espera pelas medidas compensatórias prometidas pelo Governo do Estado, pavimentação asfáltica e ponto de ônibus, sejam cumpridas. Os moradores alegam que o bairro pode ficar perigoso com a presença de adolescentes infratores. A principal reivindicação da comunidade é a colocação de asfalto em oito quilômetros de estrada.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.